HomePolítica

‘O Parlamento é soberano e o que for feito lá nós respeitaremos’, afirma Bolsonaro

Por Pablo Vinicius Souza
17 maio 2019 - 10:24
velha política

Recentemente, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) foi transferido de volta para o ministério da Economia.

A decisão, classificada como outra derrota do governo na Câmara, serviu como um banho de água fria para a equipe.

Tanto o ministro da Justiça, Sergio Moro, quanto Jair Bolsonaro, esperavam que o conselho permanecesse sob tutela da Justiça.

Agora, contudo, Bolsonaro torce para que a reforma administrativa seja aprovada no Congresso, sem alterações, o que incluiria a manutenção do Coaf na pasta de Moro.

Embora deixe seu desejo manifesto, Bolsonaro afirma respeitar a decisão do Parlamento.

“Deixo bem claro que o Parlamento é soberano e o que for feito lá nós respeitaremos”, disse.

Leia mais:

Bolsas asiáticas fecham sem sinal definido; índices chineses registram 4ª semana de perdas

Saiba quais são os principais compromissos econômicos globais para esta sexta-feira

Rodrigo Maia é o novo presidente interino da República

Maia e Alcolumbre podem aprovar Previdência em 60 dias; impasse trava investimentos

‘Querem me atingir’, dispara Jair Bolsonaro ao comentar quebra de sigilo do seu filho Flávio

Governo anunciará novo corte e tenta poupar ministérios da Educação e Saúde

Bolsonaro pode intervir na política de preços da Petrobras, desde que isso não a prejudique


Sobre o autor