EmpresasHome

Novo presidente da COPEL descarta privatização da estatal nos próximos anos

Por Levante Ideias de Investimentos
18 janeiro 2019 - 12:20

O novo presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Daniel Slaviero, descartou uma possível privatização da estatal para os próximos anos. Porém, a venda de ativos e participações deve acontecer, como por exemplo a participação majoritária na companhia de gás do estado do Paraná. O objetivo da Copel agora é ser mais eficiente, reduzir custos e maximizar os lucros.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

E Eu Com Isso?

Esperamos impacto positivo no preço das ações da Copel (CPLE6) no curto e médio prazo. A venda de ativos e participações fora das atividades principais da Copel ajudará a empresa a se tornar mais eficiente e concentrar esforços no que de fato gera retorno para ela, ou seja, em geração e distribuição de energia.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Muito se falava da privatização da companhia, que sem sombras de dúvidas seria mais positiva para a companhia. No entanto, a venda de ativos e o foco na melhora operacional serão importantes para a companhia. Tudo o que não tiver sinergia para a Copel será reavaliado.

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

Com os recursos das vendas de ativos, o foco será finalizar o ciclo de investimentos do passado e investir em terminar diversas obras em andamento, somente com a conclusão das obras em atraso, será responsável por quase meio bilhão de reais de receita adicional.

Além disso, a venda de ativos será muito importante para reduzir o endividamento da estatal.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou


Sobre o autor