Agronegócio

Novo contrato futuro de soja com referência no Brasil será lançado pela B3 e CME

Por Fast Trade
22 junho 2020 - 16:00 | Atualizado em 22 junho 2020 - 17:09
Bolsa de Valores B3

Juntos, o CME Group, Bolsa de Chicago, e a B3, a Bolsa de Valores brasileira, pretendem desenvolver um novo contrato futuro de soja no Brasil.

De acordo com o comunicado de uma das mais importantes empresas de infraestrutura de mercado financeiro mundial, a B3, esses novos produtos promoverão uma gestão de risco mais eficiente tanto no Brasil, quanto no mercado internacional.

Conforme a nota, o lançamento deste contrato futuro de soja está previsto para o terceiro trimestre, após alinhamentos estratégicos e aprovações dos órgãos reguladores.

Segundo o CME Group, o contrato terá liquidação financeira em dólares pelo índice Platts, refletindo o preço de exportação do porto de Santos.

Esses novos contratos futuros vão reafirmar o acordo entre as Bolsas que passou a vigorar em 2007 para serviços de tecnologia e contratos futuros “cross-listados”. Ademais, a medida amplia o acesso às ferramentas de gestão de risco para empresas de agronegócio da América do Sul atuantes no mercado de soja.

Confira o comunicado da B3 na íntegra.

Maior produtor global da soja

A parceria para o contrato futuro de soja se concretizou em um ano em que o Brasil se consolidou como maior produtor global da oleaginosa.

O diretor executivo de Agricultura da CME, Tim Andriesen, destacou que o “Brasil é um país muito importante no mercado global de grãos e oleaginosas”. “Em 2020, [o Brasil] deve exportar mais de 83 milhões de toneladas de soja”, disse ele.

Nesse contexto, Andriesen garantiu que esse novo contrato “foi desenvolvido para atender a demanda dos clientes regionais para hedge e de descoberta de preços aliados à sólida liquidez do CME Group no complexo agrícola”.

O superintendente de Commodities da B3, Louis Gourbin, avaliou que a decisão de expandir a parceria entre as Bolsas trará benefícios ainda maiores aos operadores, “fornecendo uma referência especificamente relacionada aos preços de exportação da soja brasileira”.

Leia o press release do CME Group.

Sobre o CME Group

O CME Group é a referência global no mercado de derivativos e também o mais diversificado do mundo. (www.cmegroup.com), segundo a B3.

Por fim, os clientes podem negociar os mercados de futuros, opções e OTC; otimizar portfólios e analisar dados de ampla gama de produtos de referência global nas principais classes de ativos, baseados em taxas de juros, índices de ações, câmbio, energia, produtos agrícolas e metais.


Sobre o autor