HomePolítica

‘Na melhor das hipóteses’ aprovação da reforma será no terceiro trimestre, avalia SPX

Por TradersClub
12 abril 2019 - 10:53

A gestora SPX acredita que o governo continua sem capacidade de articular uma coalizão para a reforma da Previdência e prevê que, “na melhor das hipóteses”, a votação da pauta no Congresso ficará para o terceiro trimestre.

Manual do Imposto de Renda para Investidores

A carta mensal de gestão também diz que o time da SPX crê na aprovação do texto, mas com alterações que reduzirão o impacto fiscal. Para a gestora, o Banco Central deve manter o patamar atual da taxa Selic em 6,50% ao ano enquanto avalia a tramitação da reforma em meio à fraqueza na atividade. Assim, o debate sobre uma eventual redução adicional no juro básico só começaria lá para o fim do ano, após a possível aprovação da pauta.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Neste contexto, o time do experiente gestor Rogério Xavier mantém posição aplicada na parte intermediária da curva de juros e segue comprada em dólar. Na bolsa brasileira, permanecem as alocações, “com destaque para empresas dos setores de óleo e gás e utilities”.

Fundada em 2010 por Xavier, Daniel Schneider e Bruno Pandolfi, a SPX é o maior hedge fund independente do Brasil, com cerca de R$35 bilhões sob administração.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade


Sobre o autor