Empresas

Multiplan (MULT3) vai pagar R$ 170 mi em JCPs aprovados em 2019

Por Fast Trade
16 outubro 2020 - 16:00 | Atualizado em 16 outubro 2020 - 18:18
proventos

A Multiplan (MULT3), uma das maiores operadoras de shoppings do país, com mais de 5.800 lojas, anunciou que vai pagar JCPs aprovados em 2019. O anúncio, feito na quinta-feira passada (15), destacou que o pagamento de R$ 170 milhões em JCPs será realizado em 23 de outubro.

Leia também: Ibovespa desvia de NY e acelera as perdas com bancos e Petrobras

Essa operação havia sido deliberada pelo conselho de administração da Multiplan entre os meses de setembro e dezembro do ano passado.

Primeiramente, foram confirmados a distribuição de R$ 80 milhões em juros sobre o capital próprio, montante que correspondia a R$ 0,13417 por ação.

Para ter direito a esses proventos, o acionista precisava estar posicionado em 30 de setembro daquele mesmo ano. Portanto, aquisições após essa data não serão contempladas com o benefício.

Posteriormente, em 23 de dezembro de 2019, o colegiado da operadora de shoppings aprovou novo pagamento, dessa vez de R$ 90 milhões. Aqui, o montante corresponde a R$ 0,15088 por ação detida pelo acionista que estava posicionado em 30 de dezembro de 2019.

Vale destacar que o repasse dos juros sobre o capital próprio será realizado com a correspondente retenção do imposto de renda na fonte. Excetua-se o acionista que não estiver sujeito à incidência do tributo na forma da legislação aplicável, conforme mostra o comunicado da Multiplan.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

O que são juros sobre o capital próprio

Assim como os dividendos, os juros sobre o capital próprio também são uma forma de uma empresa de capital aberto distribuir lucros junto aos acionistas.

A diferença, no entanto, é que ao invés de terem um benefício tributário para os acionistas, como ocorre com os dividendos, ele beneficia a empresa.

Desse modo, essa categoria de proventos não é isenta do imposto de renda para os investidores que recebem os JCPs. Portanto, são tributados na fonte a uma alíquota de 15%.

Baixe gratuitamente: Guia do Investidor iniciante

Tributação dos dividendos

Há, contudo, algumas propostas legislativas com o propósito de modificar a regra que que atualmente vigora e isenta a taxação de dividendos para pessoa física.

Em fevereiro deste ano, a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco) divulgou um estudo inédito, no qual relatou que o País poderia arrecadar até R$ 59,79 bilhões com a tributação de lucros e dividendos.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade


Sobre o autor