Mercados

Movimento de compra coordenada visa apoiar oficialização dos Bitcoins

Por Fast Trade
06 setembro 2021 - 16:25 | Atualizado em 06 setembro 2021 - 18:51
Banksy

Nas redes sociais, internautas estão se juntando em um movimento que incentiva a compra coordenada de pequenas quantidades de Bitcoins. O objetivo seria apoiar o plano do governo de El Salvador de oficializar a utilização da moeda digital no país e impulsionar outras nações a seguir o mesmo caminho.

Nesse sentido, grupos de usuários do Twitter e do Reddit estão programando adquirir US$30 em Bitcoins amanhã, dia 7 de setembro, para homenagear a vigência da lei que regulamenta o uso de criptomoedas no país caribenho.

Por isso, o mercado já se prepara para um forte aumento nos preços do ativo a partir desta terça-feira, tendo em vista que o movimento adquiriu abrangência mundial.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Vale destacar que El Salvador já deu início à instalação de caixas eletrônicos e demais equipamentos de infraestrutura para que os cidadãos possam converter Bitcoins em dólares. E para auxiliar as conversões no câmbio, o governo local criou um fundo no valor de US$150 milhões.

Acima de tudo, o governo se propôs a controlar as transações utilizando uma carteira digital. Ela será disponibilizada à população para viabilizar o recebimento das criptomoedas. Segundo o ministro da Fazenda, Alejandro Zelaya, a utilização de Bitcoins será um grande avanço na economia do país.

Por fim, o Bitcoin já registra um rali de alta neste pregão, ultrapassando a faixa dos US$52 mil, no nível mais alto desde maio deste ano. A velocidade e a força de recuperação deste mercado estão surpreendendo os investidores, que já preveem novas máximas para a moeda digital.

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Movimento de compra coordenada de Bitcoins visa apoiar oficialização das criptos

Leia também:

Ações da CBA disparam 7% acompanhando o salto nos preços do alumínio

Bradesco BBI inicia a cobertura das ações da Brisanet com preço-alvo de R$17

Bolsa brasileira avança em dia de baixa liquidez e cautela, antes do feriado; dólar cai


Sobre o autor