Empresas

Moura Dubeux reporta lucro líquido de R$ 23,2 milhões no 1º tri de 2022

Por Fast Trade
13 maio 2022 - 16:03 | Atualizado em 13 maio 2022 - 17:06
Logomarca Moura Dubeux
Créditos: Logomarca do site institucional

A Moura Dubeux (MDNE3) reportou um lucro líquido de R$ 23,2 milhões no primeiro trimestre de 2022. Com isso, a empresa aponta alta de 30,4% na comparação com igual trimestre do ano anterior.

Soma-se a isso o desempenho muito positivo dos papéis da empresa, pois, no atual período, a valorização atingiu 17,41%. Já o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado cresceu 25% na comparação com o ano de 2021.

+ Notícias e indicadores: saiba como impactam nas operações de Day Trade!

O VGV da companhia encerrou o ano de 2021 com o montante de R$ 1,36 milhões, e com  o lançamento feito para 17 projetos. Já o VGV líquido totalizou R$ 1,11 bilhão e esse foi um resultado histórico que sinalizou que 2022 apresentaria bons resultados também.

De acordo com Diego Villar, CEO da Moura, o valor de mercado da empresa ainda não reflete o bom cenário. Isso porque mesmo em um momento desafiador, a Moura Dubeux apresenta bons resultados tanto de estrutura de capital, como operacional. A razão dos números positivos do período é devido a consistência na entrega.

Mais sobre a Moura Dubeux

A incorporadora atua na região do Nordeste, em cerca de 7 estados  e possui quase 40 anos de histórico, tendo entregado mais de 220 projetos. Embora a região de atuação tenham estoques baixos de lançamentos, isso amplia a oportunidade da empresa para crescer do curto ao longo prazo.

Segundo o CEO da Moura Dubeux, a empresa está consolidada e tem condições de lidar com os desafios macroeconômicos. Contudo, Villar destaca que a alta da Selic pode ser um obstáculo para o setor, mas a empresa detém 2 diferenciais corporativos importantes.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Sendo assim, ele explicou que a Moura atua tanto na incorporação tradicional, quanto na incorporação bussiness focada em condomínios fechados. Dessa forma, apesar da apresentação final dos dois modelos serem parecidas, a empresa basicamente recebe fees como prestadores de serviços, enquanto o repasse dos custos de produção é feito para 100% dos clientes.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

 

Leia Mais:

Bolsa brasileira tem forte alta em sintonia com a “trégua” no exterior; dólar sobe


Sobre o autor