Economia

Ministério da Economia eleva as projeções para o IPCA estimando alta de 7,9% em 2022

Por Fast Trade
19 maio 2022 - 17:12 | Atualizado em 19 maio 2022 - 18:39
recuperação econômica; ministério da economia

O Ministério da Economia elevou suas projeções para a inflação oficial mensurada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 7,9% em 2022. Para 2023, o governo também reajustou suas previsões, subindo de 3,25% para 3,6% o indicador.

Nesse sentido, é importante destacar que o centro da meta estabelecida para a inflação é de 3,5% para este ano e 3,25% para o ano que vem. Em ambas as situações, a margem de tolerância é de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

+ É possível viver de renda com fundos imobiliários? Confira os detalhes neste vídeo!

Da mesma forma, as estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizada como correção do salário mínimo, avançou para 8,1% em 2022, ante 6,7% na previsão anterior. Para 2023, a projeção subiu de 3,25% para 3,7%.

Já o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), mensurado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), deve encerrar o ano em 11,4%, contra os 10,01% identificados na estimativa anterior. No entanto, para 2023, o indicador teve uma leve alta passando de 4,42% para 4,57%.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avaliou que inflação é um fenômeno mundial porque os Bancos Centrais não agiram no tempo devido. Segundo ele, o Brasil já saiu do inferno no que se refere ao aumento de preços e mostrou que está à frente dos demais emergentes, sendo um dos destinos mais seguros para investimentos.

Projeções para o PIB brasileiro

Embora as estimativas mostrem que houve uma piora no cenário, o governo mostrou mais otimismo que o mercado ao manter inalteradas as estimativas para a atividade econômica. Isto porque o Planalto continua prevendo um crescimento de 1,5% no Produto Interno Bruto (PIB) deste ano e 2,5% no dado do ano que vem.

+ O Guia do Investidor Iniciante: Baixe agora!

Por fim, a XP Investimentos elevou a sua projeção para o PIB de 2022 prevendo alta de 1,6%, contra 0,8% no último relatório, incorporando os impactos da reabertura econômica, bem como o avanço da criação de empregos, o aumento dos preços das commodities e da renda das famílias.

Quer saber como é a alta performance em operações utilizando a plataforma de negociação mais ágil do Brasil? Então cadastre-se no Fast Trade e tenha 7 dias de teste grátis.

Ministério da Economia eleva as projeções para o IPCA estimando alta de 7,9% em 2022

Leia também:

Bradesco BBI reduz preço-alvo da Itaúsa incorporando os resultados de suas participações

Bolsa brasileira avança apoiado pelas siderúrgicas e pela Eletrobras; dólar cai


Sobre o autor