Mercados

Mesmo enfrentando desafios, fundos imobiliários arrecadaram R$26,8 bilhões

Por Fast Trade
19 julho 2021 - 06:11 | Atualizado em 19 julho 2021 - 06:51
fundos imobiliários

Apesar de enfrentarem grandes desafios no período, os fundos imobiliários arrecadaram R$26,8 bilhões em 2021 e a perspectiva é que o resultado anual seja positivo.

Nem mesmo o ciclo de altas da taxa Selic e a proposta de tributação sobre os rendimentos desta classe de ativos conseguiram aplacar o ânimo dos investidores.

De janeiro a junho, ocorreu cerca de R$26,827 bilhões em novas emissões de fundos imobiliários, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Este valor representa um aumento de 44,3% sobre a captação do mesmo semestre em 2020.

Nesse sentido, Carlos Ferrari, sócio do escritório NFA e especialista na estruturação de fundos imobiliários, disse que “2021 será tão bom quanto 2020 ou ainda terá um crescimento em torno de 10% sobre o ano passado”.

+ Guia completo de como ter sucesso nas operações de Day Trade

Vale lembrar que, ao longo de 2020, o setor de fundos imobiliários atraiu R$44,1 bilhões. Assim também, o executivo destacou que nos primeiros seis meses deste ano, o mercado alcançou o mesmo volume de recursos que o registrado nos doze meses de 2018.

Da mesma forma, a sócia-fundadora da Habitat Capital, Camila Almeida, acredita que o segmento de fundos imobiliários continuará forte em novas emissões.

Além disso, na visão da gestora, o recuo na proposta do governo de tributar dividendos dos fundos imobiliários vai manter a atratividade do setor. “Imagino que possa superar o volume [de captação] registrado no ano passado” – disse Almeida.

Desempenho do setor ainda deixa a desejar

Apesar de estar embalado, o desempenho dos fundos imobiliários ainda deixa a desejar, com o índice Ifix acumulando queda de 1% até 16 de julho.

Isto porque, em comparação ao Ibovespa, o Ifix está muito abaixo da valorização do mês, contabilizando alta de 3,57% contra 25,27% das ações.

Acima de tudo, um dos principais pontos de limitação do índice de fundos imobiliários foi a elevação dos juros básicos pelo Banco Central. No entanto, segundos os analistas, este eventual obstáculo deve ser limitado nos próximos meses.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

De acordo com o sócio e CEO da Integral Brei, Vitor Bidetti, uma parte do desempenho negativo do Ifix foi a Selic, mas esta não deve chegar a níveis que possam prejudicar o setor.

Por último, para Bidetti, as medidas de combate à Covid também geraram impactos, porém, com a retomada das atividades, este cenário vai mudar e haverá recuperação destes ativos.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Mesmo enfrentando desafios, fundos imobiliários arrecadaram R$26,8 bilhões

Leia também:

Ibovespa cai 1,18% e volta aos 125 mil em sessão volátil e de cautela no exterior

Dólar fecha estável neste pregão, mas acumula perda semanal de 2,27%

Ações da Lojas Americanas terão forte queda na próxima segunda


Sobre o autor