HomePolítica

May anuncia renuncia e caminhos do Brexit se complicam

Por Eloiza Amaral
24 maio 2019 - 10:41

A primeira ministra britânica, Theresa May, informou nesta sexta-feira (24), que deixará o cargo no próximo dia 7 de junho. May já vinha sofrendo pressões por não conseguir fechar um acordo para o Brexit após várias tentativas.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para entender o Brexit 

Entre lágrimas, a líder do Partido Conservador disse que fez tudo o que eu podia para convencer os parlamentares a apoiarem esse acordo [do Brexit]. ‘’Infelizmente, eu não fui capaz de fazer isso. Eu tentei três vezes. Então, hoje eu anuncio que estou deixando a liderança do Partido Conservador e o governo na sexta-feira, 7 de junho. Então, um sucessor pode ser escolhido”, afirmou May.

A oposição pede eleições gerais para que seja escolhido um sucessor e o processo deve começar em 10 de junho. O favorito para ocupar o cargo é o ex ministro de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres, Boris Johnson, que liderou a campanha do Brexit.

As expectativas são de que o próximo a assumir o cargo defenda que haja um Brexit mais decisivo com a União Europeia, o que aumenta as chances de um confronto com o bloco e eleições antes do prazo previsto.

May havia prometido deixar a função quando seu acordo com a UE fosse aprovado. A última cartada da premiê aconteceu nesta terça feira (21), quando propôs incluir no novo acordo do Brexit um trecho que permitirá a realização de um segundo plebiscito.

O projeto falhou e motivou a renúncia da líder do governo na Câmara dos Comuns, Andrea Leadson, contrária a um novo plebiscito.


Sobre o autor