Empresas

M. Dias Branco perde R$ 680 milhões em valor de mercado com impactos na linha de custos

Por Fast Trade
03 março 2022 - 17:24 | Atualizado em 03 março 2022 - 18:02
M. Dias Branco

A M. Dias Branco já perdeu mais de R$ 680 milhões em valor de mercado desde o início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia. Este movimento está ocorrendo devido à disparada nos preços das commodities, sobretudo do trigo, um dos principais insumos utilizados pela empresa.

Nesse sentido, os investidores estão preocupados com os impactos que a inflação dos gêneros agrícolas pode trazer à linha de custos do ambiente corporativo. Em relação à fabricante de massas secas e biscoitos, que já vem trabalhando com margens pressionadas há algum tempo, esta situação pode se agravar.

+ Guia do Investidor Iniciante: Baixe agora!

Desse modo, as ações que estavam sendo negociadas a acima de R$ 30 ao longo dos últimos meses, agora oscila na faixa de R$ 21, acumulando uma queda de quase 8,5% em apenas sete dias.

Segundo a equipe de analistas do BTG Pactual, os mercados russo e ucraniano são grandes “players” no segmento de grãos. Isto porque, os países respondem por 29% do volume comercializado em nível global de trigo e por 19% das vendas de milho.

Sem dúvida, trata-se de um momento bastante crítico para as empresas fabricantes de alimentos, de maneira especial, as que atuam com pães, bolos, massas e biscoitos. Por sua vez, o relatório do BTG mostrou que somente o trigo foi o responsável pelo salto de 48% nos custos da M. Dias Branco.

Turbulências no mercado de soja

Nem o mercado de soja pode ficar ileso aos bloqueios realizados pelos EUA e a União Europeia sobre a Rússia. Acredita-se que haverá um efeito em cascata sobre a oleaginosa devido ao papel central que os dois países envolvidos no conflito desempenham no comércio de óleo de girassol.

É provável que a demanda pelo óleo de soja aumente gradativamente, considerando a dificuldade em obter o óleo de girassol. Acima de tudo, Rússia e Ucrânia são responsáveis por 60% de toda a produção mundial e 78% das exportações, mas, devido às sanções, não poderão abastecer o mercado.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

“A pressão de custo adicional deve atingir a empresa em um momento em que ela está enfrentando sua própria dose de desafios de baixo para cima, incluindo uma erosão sem precedentes da participação de mercado e um ambiente competitivo e de consumo difícil que está desafiando o repasse de custos para recompor as margens” – explicou o BTG.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

 

Leia também:

Itaú Unibanco aposta na alta de 1 p.p. da Selic sem descartar novas alterações

Bolsa brasileira opera em alta desviando da tônica internacional; dólar cai


Sobre o autor