EmpresasHome

Lucro líquido da Tim cai 10,4% no 1T e fecha com R$ 220 milhões

Por Eloiza Amaral
08 maio 2019 - 11:34
TIM

Em seu balanço do primeiro trimestre de 2019, a operadora Tim informou que o lucro líquido reportado da companhia sofreu uma redução de 10,4% na comparação anual, totalizando R$ 220 milhões no período.

Os resultados foram divulgados na última terça feira (7), e já o lucro líquido normalizado apresentou alta de 2,5% a R$251 milhões, excluindo o impacto de R$ 30,3 milhões referente aos impostos diferidos.

Para o lucro antes de impostos, juros, depreciação e amortização (Ebitda), o aumento foi de 5,2%, o que representou financeiramente R$ 1,497 bilhões. A Tim explicou que isso é reflexo de esforços no controle de custos e despesas, aumento da receita com cliente móveis e maiores receitas com serviço fixo.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

No 1T19, a receita líquida foi de R$ 4,191 bilhões, avanço de 1,7% sobre os meses de janeiro a março de 2018. Por outro lado, a receita líquida de serviços cresceu apenas 1%, reduzindo o seu ritmo de expansão, impactada por uma recuperação econômica frágil e competição mais intensa.

Os custos e despesas operacionais normalizados somaram R$ 2,694 milhões, com baixa de 0,2%, mas, segundo a operadora, permanecendo sob estrito controle e demonstrando alguma capacidade da companhia buscar eficiência.

O plano de eficiência da Tim conseguiu atingir 25% da meta estabelecida para o ano de 2019. A melhora nos equipamentos físicos (Opex), iniciou o ano de maneira melhor do que o previsto, devido o controle de custos. As iniciativas do plano geraram economias que somaram R$ 190 milhões.

As ações da Tim (TIMP3) estavam sendo negociadas no Ibovespa, cerca de 11h35, com queda de 1,48% e preço de compra por ativo de R$11,30.

 


Sobre o autor