EmpresasHome

Lucro da Usiminas cai 55% em 2019, totalizando R$377 milhões

Por Pablo Vinicius Souza
14 fevereiro 2020 - 13:44

A Usiminas (USIM5) divulgou os resultados de 2019, reportando um lucro líquido de R$377 milhões, um valor 55% menor do que o apurado no exercício anterior.

A receita bruta anual foi de R$14,94 bilhões, o que representou um avanço de 9% em relação a 2018 e o Ebitda ajustado recuou 10%, atingindo o montante de R$1,94 bilhão.

Segundo informações da companhia, o aumento na receita ocorreu devido à elevação nos preços e volumes de venda praticados na mineração e os reajustes no valor do aço, que ocorreram principalmente nos últimos meses do ano.

De outubro a dezembro, o lucro líquido caiu para R$268 milhões, evidenciando um declínio de 33%, porém, a receita líquida subiu 13%, somando R$3,87 bilhões.

As vendas de minério de ferro avançaram 65% no quarto trimestre de 2019, para 2,5 milhões de toneladas e registraram um salto anual de 33%, com a quantidade recorde de 8,6 milhões de toneladas.

Na avaliação da siderúrgica, apesar das turbulências internacionais, o mercado do aço melhorou no final do ano passado e passará por uma forte expansão em 2020.

Para aproveitar as boas oportunidades, a empresa espera investir cerca de R$1 bilhão ao longo deste ano, superando os R$690 milhões desembolsados no último exercício.

Outro aspecto que a Usiminas trabalhou e que poderá alavancar os resultados deste ano foi a redução da dívida líquida em 23%, que passou de R$4,1 bilhões em 2018 para R$3,1 bilhões em 2019.

Em função dos resultados mais fracos, as ações da companhia (USIM3/ USIM5) lideravam as perdas da sessão.


Sobre o autor