Empresas

Lucro da Eletrobras recua 78,5%, impactado pelo câmbio

Por Bruna Santos
29 maio 2020 - 08:00 | Atualizado em 29 maio 2020 - 08:32
Eletrobras (ELET3; ELET5; ELET6); Energisa (ENGI11)

Eletrobras (ELET3/ELET6) reportou um lucro líquido atribuído a sócios da empresa controladora de R$ 300,1 milhões no primeiro trimestre. De acordo com a Centrais Elétricas Brasileiras, o saldo representa um decréscimo de 78,5% na comparação anual com o primeiro trimestre de 2019.

Conforme as demonstrações financeiras enviadas à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o lucro foi impactado, principalmente, por efeitos econômicos negativos. Entre eles está a variação cambial negativa em R$ 665 milhões, decorrente da desvalorização cambial no decorrer da escalada da pandemia do coronavírus.

Além disso, o lucro líquido da Eletrobras absorveu a revisão do valor justo da receita de RBSE, com redução de R$ 411 milhões nessa linha.

Segundo o comunicado enviado ao mercado na noite de quinta-feira (28), seu lucro recorrente foi de R$ 981 milhões, também afetado pelos efeitos acima. Sem esses efeitos, o lucro recorrente da Eletrobras seria R$ 282 milhões superior ao reportado em 2019, quando a companhia reportou um lucro de R$ 1,640 bilhão.

Embora o lucro da elétrica tenha recuado, seu Informe aos Investidores apontou para um salto na receita operacional líquida, que passou de R$ 6,466 bilhões nos três primeiros meses de 2019 para R$ 6,956 bilhões, com crescimento de 8%.

Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), por sua vez, contraiu de R$ 2,951 bilhões, para R$ 2,803 bilhões no 1T20. Do mesmo modo, a receita operacional líquida recorrente avançou na comparação anual (9%) e, com isso, passou de R$ 6,370 bilhões para R$ 6,947 bilhões.

Ademais, o Ebtida recorrente cresceu 4%, de R$ 3,088 bilhões para R$ 3,205 bilhões e o Indicador da Dívida Líquida/EBITDA foi de 1.6.

Por fim, o custo dos bens e/ou serviços vendidos pela Eletrobras avançou 35,8%, para R$ 1,750 bilhão, ao mesmo passo em que as despesas operacionais cresceram 8,2%, para R$ 2,871 bilhões, ambos na mesma base de comparação com o primeiro trimestre de 2019.

Por fim, a teleconferência de resultados do 1T20 da Eletrobras acontece nesta sexta-feira (20), às 15h30 (Horário de Brasília). Fique ligado.


Sobre o autor