EmpresasHome

Lucro da Azul cai 20% e contempla R$137,7 milhões no primeiro trimestre  

Por Eloiza Amaral
09 maio 2019 - 11:43
Azul (AZUL4)

A Azul informou nesta quinta-feira (9), que lucrou no primeiro trimestre R$137,7 milhões. O valor representa um recuo de 20% ante os R$172,3 milhões registrados no mesmo período de 2018.

De acordo com a empresa, o indicador foi impactado pelo aumento de 21,3% nas despesas operacionais, que somaram R$ 2,2 bilhões, devido principalmente à desvalorização do real em 16,3%, à reoneração da folha de pagamento em 20%, e a subida de 8% no preço do litro de combustível.

Já as despesas financeiras líquidas caíram para R$206,1 milhões, redução de 14,5%, ajudada pelo ganho de R$126 milhões com instrumentos financeiros derivativos

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

Entre janeiro e março, a Azul teve uma receita líquida de R$ 2,5 bilhões, com melhora de 16% comparada com o mesmo período do ano passado, um reflexo do aumento de 15,3% na receita de transporte de passageiros e ao crescimento de 34,3% em outras receitas.

Enquanto isso, outras receitas saltaram 34,3%, ou R$27,5 milhões, no, puxadas, sobretudo, pela alavancagem de 41% na receita de cargas.

As dívidas da empresa no final de março somavam a R$12,2 bilhões, após à entrega de 11 novos A320neos sob arrendamento operacional, a captação de R$ 295,9 milhões de uma linha de crédito dedicada ao financiamento da manutenção dos motores das aeronaves Embraer, e emissão de debêntures no ano passado.

O lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida) foi de R$ 724,2 milhões, com margem de 28,5% e queda de 2 ponto percentuais.

A diminuição nos lucros impactou diretamente a movimentação das ações da Azul (AZUL4), que por volta de 11h45 estavam sendo negociadas com queda de 1,51% e valor de compra por ativo de R$36,41.

 


Sobre o autor