EmpresasHome

Lucro anual da Klabin avança 392% totalizando R$675,8 milhões

Por Pablo Vinicius Souza
06 fevereiro 2020 - 13:41
KLBN11

A Klabin (KLBN3), maior fabricante de papeis e embalagens de papelão ondulado, registrou um lucro líquido atribuído à controladora de R$675,8 milhões em 2019.

O avanço no resultado final foi quase 4 vezes maior do que o apurado no ano anterior, o que equivale a um crescimento de 392%.

Essa performance melhor deveu-se ao avanço do resultado financeiro líquido, que ficou positivo em R$374,9 milhões, ante os R$21,9 milhões negativos apurados em 2018.

De outubro a dezembro, o lucro da companhia recuou cerca de 32% em comparação ao mesmo trimestre do ano anterior, somando R$591,3 milhões.

Contudo, esse número representou um crescimento de 2,7 vezes em relação ao terceiro trimestre do mesmo ano, que foi muito abalado pelas turbulências internacionais.

As despesas financeiras mensuradas anualmente caíram cerca de 68%, para R$170,8 milhões, refletindo uma variação positiva da marcação a mercado de swaps de juros, cujo impacto foi de R$254 milhões.

O resultado operacional da Klabin se enfraqueceu, devido à piora nas condições do mercado de celulose e o resultado antes dos juros, impostos, depreciação e amortização ajustado declinou cerca de 15%, para R$965 milhões.

Em relação ao terceiro trimestre, o Ebitda anotou contração de 31%, refletindo o impacto negativo de R$224 milhões de ajuste a valor justo dos ativos biológicos.

A fabricante de celulose fechou 2019 com uma dívida líquida 5% menor, totalizando R$14,34 bilhões e o índice de alavancagem financeira, mensurado pela relação entre dívida líquida e Ebitda, caiu para 3,3 vezes.

Em 2019, a Klabin iniciou um novo ciclo de expansão e investimentos, que totalizou a aplicação de aproximadamente R$2,57 bilhões em recursos.


Sobre o autor