EmpresasHome

Lojas Americanas tem prejuízo de R$ 53 milhões no primeiro trimestre e reverte lucro

Por Eloiza Amaral
10 maio 2019 - 11:49

A Americanas divulgou ao mercado na noite desta quinta-feira (9), os resultados do primeiro trimestre. Após registrar lucro líquido de R$ 23,8 milhões no 1T18, nos três primeiros meses deste ano o prejuízo consolidado observado pela empresa foi de R$ 53,5 milhões.

Para a receita líquida consolidada a diminuição no indicador foi de 11,7%, somando R$ 3,552 bilhões de janeiro a março. No entanto, as vendas nas ‘mesmas lojas’ cresceram 5,8% entre um ano e outro.

O lucro antes de juros, empréstimos, amortização e depreciação (Ebitda), foi de R$ 560,8 milhões, com recuo de 12,2%, e margem de 15,8%.

Segundo a empresa, com a Páscoa aconteceu este ano no dia 21 de abril, as vendas relativas ao evento ficarão concentradas no segundo trimestre, influenciando as bases de comparação de resultados e saldos do balanço.

E-book: Guia completo e definitivo da Previdência Privada

As despesas totalizaram R$ 385,1 milhões, alta de 6,2%, devido ‘’às variações do CDI no período e ao constante trabalho de renegociação das dívidas, sempre buscando melhores custos e prazos mais longos”.

Já as dívidas consolidas foram responsáveis por um montante de R$ 4,688 bilhões em 2018, e agora de R$ 4,705 bilhões. Com isso, a relação entre a dívida liquida e o Ebitda encerrou março em 1,7 vez, mesmo resultado do ano passado.

Como foram inauguradas 15 novas lojas, a Americanas precisou desembolsar R$ 207,7 milhões em investimentos. Com estas lojas, a rede acumula 1.501 unidades em 603 municípios. De acordo com a Americanas já foram assinados, ou estão em fase final de negociação, contratos para inaugurar mais 145 lojas.

Cerca de 11h50, os papeis da Americanas (LAME4) estavam sendo negociados queda de 3,75% a preço de compra por ação de R$15,15.

 


Sobre o autor