Política

Lira diz que presidente da Petrobras precisa renunciar e propõe dobrar taxação sobre lucros

Por Fast Trade
17 junho 2022 - 16:00 | Atualizado em 17 junho 2022 - 17:03
Petrobras confirma proposta sobre gasoduto Bolívia-Brasil
crédito: static.poder360

Na manhã de sexta-feira (17), a Petrobras (PETR3; PETR4) anunciou o aumento dos preços médios de venda da gasolina e do diesel para as distribuidoras. O fato motivou Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, a pedir a renúncia imediata do presidente da estatal, José Mauro Ferreira Coelho, e propor dobrar a taxação sobre os lucros da companhia.

+ Veja essas 5 dicas para a Rotina Operacional e melhore os resultados na prática

“O presidente da Petrobras tem que renunciar imediatamente. Não por vontade pessoal minha, mas porque não representa o acionista majoritário da empresa — o Brasil — e, pior, trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país”, disse o presidente da Câmara em sua conta no Twitter.

No mesmo sentido, o presidente Bolsonaro afirmou que o novo aumento é uma “traição”. Além disso, ele afirmou que conversou com o Lira para articular a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o conselho da petrolífera.

Taxação dos lucros e queda nas ações da Petrobras

Sobre a taxação dos lucros da companhia, Pedro Soares, do BTG Pactual, disse que numa análise simplista, a medida poderia ocasionar a queda de US$ 2,2 bilhões na distribuição de dividendos em 2023.

Lira afirmou, além disso, que o reajuste chegou a gerar indignação nos deputados e que os líderes da casa legislativa vão se reunir para tomar providências. “Nós não queremos o caos, mas nós iremos abrir essa caixa-preta da Petrobras e responsabilizar esta diretoria e este presidente por esses atos de má fé com o povo brasileiro”, disse.

+ Ebook Glossário do Trader: Baixe agora!

A gasolina teve o reajuste de 5,18% e por litro o valor deve passar de R$ 3,86 para R$ 4,06. Ao mesmo tempo, no caso do diesel, o reajuste foi de 14,26%, o preço médio foi de R$ 4,91 para R$ 5,61. Por fim, as declarações fizeram o preço da ação da Petrobras despencar mais de 10% até o momento. Os investidores temem a interferência política na política da estatal.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a newsletter Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

 

Leia também:


Sobre o autor