Empresas

Linx (LINX3), Vale (VALE3) e mais destaques corporativos

Por Fast Trade
18 novembro 2020 - 11:56 | Atualizado em 18 novembro 2020 - 13:24
Vale

Veja o que acompanhar entre os destaques corporativos nesta quarta-feira (18).

Linx (LINX3): acionistas aprovam oferta da Stone

Primeiramente, na disputa entre Stone e Totvs (TOTS3) pela compra da Linx (LINX3), a credenciadora de cartões levou a melhor. Os acionistas da empresa de software aprovaram a proposta de venda para a fintech após oferta de quase R$ 6,8 bilhões.

De acordo com o presidente da Stone, Thiago Piau, 63% dos acionistas da Linx votaram a favor da proposta. Ele afirmou que a Stone tem como objetivo a aproximação das operações de varejo e de serviços financeiros.

Além disso, a Stone quer oferecer uma combinação de tecnologia e atendimento aos lojistas. Agora, a operação depende do sinal verde do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para ser efetivada.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Gafisa (GFSA3): prejuízo líquido dispara 3.286% no terceiro trimestre

Na sequência dos destaques corporativos, a Gafisa (GFSA3) anunciou um forte prejuízo no terceiro trimestre, de R$ 56,4 milhões.

O salto de 3.286,9% frente ao mesmo período do ano passado, contudo, não anula o fato de que o 3T20 marca a retomada consistente de bons desempenhos operacionais pela Companhia.

“Obtivemos o melhor desempenho de vendas nos últimos dois anos, totalizando R$ 144 milhões de vendas”, destacou a Gafisa.

Em suma, esse montante representa um avanço de 253% na comparação com segundo trimestre, período marcado pelo auge do isolamento social.

Acesse o release da empresa e confira o resultado na íntegra.

Vale (VALE3): mineradora não chega a acordo sobre Brumadinho

O governo de Minas Gerais e instituições do sistema de Justiça recusaram a proposta apresentada pela Vale (VALE3) para um acordo relacionado a reparação pelo desastre de Brumadinho (MG), provocado pelo rompimento da barragem de rejeitos em janeiro de 2019.

Em comunicado, o governo afirmou que a proposta “não está em conformidade com as premissas que haviam sido acordadas”. Uma nova audiência foi marcada para 9 de dezembro, segundo o Valor.

Para o Morgan Stanley, as ações da mineradora terão desempenho abaixo da média do mercado nesta quarta-feira (17).

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Banco Inter (BIDI11): instituição monetária formará joint venture com BMG (BMGB4)

O Banco Inter celebrou um acordo com o BMG para formarem uma joint-venture no mercado de pagamentos por maquininhas.

Em fato relevante, o banco declarou que a participação na BMG Granito Soluções em Pagamento S.A. (“Granito”) faz parte da sua estratégia de adquirir novas empresas de forte base tecnológica, bem como companhias de perfil inovador.

O fechamento definitivo da operação está sujeito à aprovação pelo Banco Central do Brasil e do CADE. Quando concluído, o Inter depositará um aporte primário de R$ 90 milhões e, desse modo, passará a responder por 45% do capital social da Granito.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Mais destaques corporativos: Hermes Pardini (PARD3), Tim (TIMS3), Totvs (TOTS3) e Itaú (ITUB4)

A agência de classificação de risco Fitch afirmou os Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA(bra)’ do Hermes Pardini (PARD3).

Do mesmo modo, a Fitch atribuiu, pela primeira vez, rating AAA para a Tim (TIMS3), ambos os casos com perspectiva estável.

Por fim, o Itaú Unibanco (ITUB4)  atingiu 5.041% das ações ordinárias emitidas pela Totvs (TOTS3), isto é, 29.133.709 ações, “configurando aumento na participação acionária relevante”, segundo o comunicado.

A operação foi confirmada em comunicado pela empresa de software, assinado pelo Vice-Presidente Financeiro e Diretor de Relações com Investidores, Gilsomar Maia Sebastião.

Embora a participação seja expressiva, o Itaú sinalizou que “não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia.”

Baixe agora: Guia do investidor iniciante

Continue acompanhando o portal Fast Trade e nossas redes sociais para ficar por dentro dos destaques corporativos. Assim também, conheça nossos vídeos focados em educação financeira no YouTube.

Ademais, quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade?

Antes de mais nada, participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Em conclusão, veja outros destaques corporativos:

AZUL4: Azul anota prejuízo de R$ 1,2 bilhão no 3T20, mas melhora previsões

Telefônica (VIVT3) pagará R$ 400 mi em JSCP e resultado da Notre Dame (GNDI3)

Balanços corporativos: Oi (OIBR4) e Cemig (CMIG3)

CVCB3: CVC anota prejuízo líquido de R$ 172,2 milhões no terceiro trimestre

Cosan (CSAN3): lucro líquido recua 62,9% no 3T20, para R$ 303,8 milhões

Via Varejo (VVAR3) reverte o prejuízo de 2019 e lucra R$590 milhões no 3T20

Marfrig (MRFG3) e JBS (JBSS3) registram forte crescimento no 3T20

Temporada de Balanços: Braskem (BRKM5) e Carrefour Brasil (CRFB3)

Guedes vai privatizar Eletrobras e Correios em 2021

Resultados Corporativos: BRF (BRFS3), Yduqs (YDUQ3) e Technos (TECN3)


Sobre o autor