EmpresasHome

JBS é acusada de fraudar sistema de investimentos do BNDES

Por Pablo Vinicius Souza
10 dezembro 2019 - 13:39

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública por improbidade administrativa contra as empresas JBS e J&F Investimentos, sob a acusação de fraudes no sistema BNDES/ BNDESPar.

Ao todo, foram relacionadas 14 pessoas no processo e, além da condenação por improbidade, o MPF pede que sejam devolvidas 144.206.155 ações da JBS (JBSS3) ao BNDESPar e demais indenizações que somaram R$21 bilhões.

Segundo os autos da ação proposta, as irregularidades apuradas aconteceram nos anos entre 2007 e 2011, favorecendo o processo de internacionalização do grupo corporativo.

Houve também dano advindo do pagamento de taxas de administração pela adesão injustificada ao Fundo Fip Prot, em valor superior a R$20,5 milhões, e pela dispensa indevida da cobrança de juros no empréstimo do BNDES à JBS para a aquisição da Swift.

Á tudo isso, soma-se os dividendos e ganhos com ações que teriam sido auferidos pelo BNDES caso a transação cumprisse com os procedimentos normalmente aceitos pelo mercado.

No total, o prejuízo resultante aos cofres do banco público foi de R$4,2 bilhões, estando entre os envolvidos políticos federais, funcionários da empresa e técnicos do BNDES.

As manobras teriam o objetivo de facilitar os trâmites para a expansão da companhia no mercado internacional, bem como, valorizar seus ativos no cenário doméstico.


Sobre o autor