Ações

Ações da JBS acumulam valorização de 17% em 12 meses, mas vale a pena investir?

Por Fast Trade
18 maio 2022 - 16:16 | Atualizado em 18 maio 2022 - 17:18
JBS

As ações da empresa JBS (JBSS3) tiveram valorização em torno de 17% nos últimos dois semestres. Prova disso é que recentemente a empresa anunciou um lucro líquido de R$ 5,14 bilhões no 1T22. Com isso, a empresa reportou um crescimento de 151,4% no comparativo com igual trimestre do ano anterior.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Com a divulgação dos resultados, os analistas avaliaram os números e opinaram a respeito. Além disso, comentam sobre as projeções e suas recomendações, prevendo um bom desempenho nos próximos meses.

Investir ou não nas ações da JBS

O Credit Suisse analisou os resultados da JBS e concluiu que os números foram bons, dando especial destaque para o Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado. Isso porque o resultado foi de R$ 10 bilhões e o montante supera o consenso em 6%. Dessa forma, o banco manteve a recomendação de “compra”, na classificação outperform e preço-alvo de R$ 45.

Na avaliação da Eleven, a Seara influenciou negativamente sobre os resultados da JBS, pois a pressão dos custos para a marca  tem afetado os números gerais da empresa. Contudo, a gestora reiterou a recomendação como “neutra” sob o preço-alvo de R$ 36.

Já para o Goldman Sachs, a JBS mostrou bom crescimento de lucros, uma vez que o cenário atual traz preocupações a respeito da sustentação de margens para carne bovina nos Estados Unidos. Sendo assim, o banco destaca números sólidos de PPC, boa resiliência para a marca Seara e volumes positivos de exportação.

+ Notícias e indicadores: saiba como impactam nas operações de Day Trade!

Além disso, ressaltam números além do esperado e consideram a distribuição de dividendos (2,8% de rendimento) e programa de recompra de R$ 113,50 milhões de ações. Por fim, o Goldman reitera a sua recomendação de “compra” para as ações da JBS sob o preço-alvo de R$ 51.

Na análise da XP Investimentos, o destaque fica por conta da força demonstrada pela US Beef + Austrália, US Pork e PPC. Isso porque trouxeram números acima do patamar histórico. Sendo assim, a recomendação de compra se mantém, com o preço-alvo de R$ 51,80, ressaltando que a JBS é a Top Pick para o setor de proteínas.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

 

Leia Mais:

Bolsa brasileira opera em queda seguindo movimento de correção em NY; dólar sobe


Sobre o autor