EmpresasHome

Itaú Unibanco aprova remuneração aos acionistas de quase R$1 por ação

Por Pablo Vinicius Souza
13 fevereiro 2020 - 13:37

O Conselho de Administração do Itaú Unibanco (ITUB3) aprovou o pagamento de dividendos e juros sobre o capital próprio, no montante de R$4,921 bilhões.

A remuneração será efetivamente quitada no dia 06 de março e a base de cálculo será a posição acionária no dia 20 de fevereiro.

Serão distribuídos dividendos no valor de R$0,4832 por ação e juros sobre o capital próprio de R$0,5235 por ação, com a retenção de 15% de Imposto de Renda retido na fonte.

Na mesma data, serão pagos os juros sobre o capital próprio aprovados dia 28 de novembro, no valor de R$0,037560 por ação, para os aqueles que mantiveram posição no dia 12 de dezembro.

Ao todo, os acionistas vão receber R$0,960101 por cada ação, sendo que, o Itaú mantém cerca de 5,126 bilhões de papeis em circulação.

Se consideradas as remunerações previamente pagas durante o exercício de 2019, o Itaú deve desembolsar R$1,9270 por ação (valor líquido de imposto de renda).

Em termos anuais, o banco distribuirá o total de R$18,8 bilhões, o que representa aproximadamente 66,2% do lucro líquido consolidado recorrente.


Sobre o autor