Empresas

Itaú e Bradesco utilizam LFG para captar recursos na crise

Por Fast Trade
16 abril 2020 - 15:59 | Atualizado em 16 abril 2020 - 16:59
Itaú Unibanco (ITUB4)

Os bancos Itaú Unibanco e Bradesco deram início às emissões de Letras Financeiras Garantidas (LFG), com o intuito de captar recursos na crise.

Este instrumento de captação compõe o arsenal de ativos do Banco Central e servirá para auxiliar as instituições financeiras a fazer frente aos impactos do coronavírus.

Para tanto, a B3 já organizou a sua estrutura para fazer o registro das garantias e operações de compra e venda destes títulos, que, provavelmente, estarão disponíveis ao mercado na semana que vem.

Assim, foi permitido aos bancos realizar a emissão dos LFGs no valor equivalente ao seu patrimônio de referência, podendo estender o fluxo de captação até o final do ano.

Por exemplo, o Bradesco considera captar recursos entre R$8 e R$12 bilhões logo na estreia dos títulos no mercado, corroborando com as estimativas do BC.

Segundo a autoridade monetária, o potencial de arrecadação das LFGs poderá chegar a R$670 bilhões, apesar de o mercado apostar em um cenário menos otimista, prevendo a captação da metade deste valor.

Preço x Liquidez para captar recursos

Preço x Liquidez para captar recursos

Um grande desafio das instituições financeiras será equilibrar o preço de emissão com a liquidez que os títulos necessitam, já que o mercado oferece uma boa remuneração.

 No BC, o custo das LFGs é a taxa básica de juros (Selic) mais 0,60% ao ano, até a data do vencimento, o que representa um valor bem mais alto do que os grandes bancos pagam para captar recursos.

Nesse cenário, a rentabilidade do título pode tornar o ativo mais caro e inviabilizar a distribuição pelos bancos maiores e com maior fatia de mercado.

Por isso, este instrumento tende a ser mais utilizado pelas instituições médias e pequenas, que possuem custos maiores de captação, embora os grandes bancos, como Itaú e Bradesco, também tenham manifestado interesse em abrir este segmento.  

Acompanhe as últimas notícias do mercado financeiro:

Ibovespa opera volátil com expectativa pelo “fim do lockdown”

Dólar opera em queda com exterior e cenário político

Orçamento de Guerra: texto-base da PEC é aprovado em 1º turno pelo Senado

Confiança da indústria é a menor da história; inflação alemã e corte emergencial de juros


Sobre o autor