EconomiaHome

IPCA de novembro; Payroll nos Estados Unidos; produção industrial alemã e mais indicadores

Por Bruna Santos
06 dezembro 2019 - 12:04

O IBGE divulga nesta sexta-feira (6) o IPCA de novembro, que pode ficar entre 0,30% e 0,50%.

Nos Estados Unidos, a expectativa geral é pelo relatório de emprego mensal conhecido como “Payroll”.

Economistas consultados pela Bloomberg projetam uma criação de 183 mil novas vagas e manutenção da taxa de desemprego em 3,6%.

O documento costuma influenciar as decisões de política monetária do Federal Reserve, que se reunirá na próxima semana.

Na Europa, a produção industrial alemã contraiu 1,7% em outubro ante setembro, segundo dados com ajustes sazonais publicados pela Destatis.

Esse dado frustrou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço de 0,2% na produção.

No continente asiático, o ministro de Finanças da China afirmou que o país pode cortar a sobretaxa de 25% que impôs sobre a carne suína, bem como sobre a soja americana.

O movimento está diretamente ligado a tentativa de chegar em um acordo comercial até meados de dezembro.

Ademais, o Banco Central chinês anunciou a injeção de 300 bilhões de yuanes (US$ 42,6 bilhões) no sistema bancário do país, de acordo com a agência Dow Jones Newswires.

Após uma semana com tantas idas e vindas quanto a guerra comercial, a sexta-feira encaminha (nessas horas não podemos cravar nenhum placar) para que seja mais tranquila após Washington afirmar que as conversas estão indo bem. Mas alguns termos como o aumento das importações agrícolas por parte dos chineses e quais tarifas serão retiradas por agora ainda dão o tom. Ademais, a reunião da OPEP realizada ontem deverá reduzir a produção de petróleo, mas com pouco impacto.  Hoje, o que será determinante são os dados de emprego americano que podem balizar a tomada de decisão dos juros.

Por aqui, o destaque da manhã fica por conta da inflação, que deverá acelerar um pouco, mas ainda deixando o valor dentro da meta. Outro ponto que será analisado pelo banco central em sua decisão na próxima semana.

Por Glenda Ferreira – Especialista em Investimentos na Levante Ideias de Investimentos


Sobre o autor