Economia

IPCA-15 avança 0,59% em maio e supera expectativa; saúde e transportes se destacam

Por Fast Trade
24 maio 2022 - 10:00 | Atualizado em 24 maio 2022 - 11:49
IPCA-15

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – 15 avançou 0,59% em maio. Dessa maneira, o indicador, que é uma prévia da inflação, teve a maior alta para o mês desde 2016. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No mês anterior, o IPCA-15 marcou 1,73%. No acumulado do ano, o índice soma 4,93% de crescimento e em 12 meses são 12,20% de expansão.

+ O que são suportes e resistências? Conheça estes dois parâmetros operacionais!

Embora tenha registrado desaceleração, o indicador foi acima da expectativa de mercado. De acordo com o consenso Refinitiv, havia a projeção de crescimento de 0,45% na alta mensal e de 12,03% na anual.

Dessa maneira, com a persistência da elevação de preços, tanto o mercado, quanto o governo estão reavaliando as expectativas para a inflação no ano. O primeira já projeta 10% para o IPCA e o segundo afirma que a inflação deve finalizar 2022 em 7,9%.

Indicador por grupos

Do total de nove grupos pesquisados, oito tiveram alta em maio. O destaque ficou sobretudo com saúde e cuidados pessoais (2,19%) que contribuiu para 0,27 ponto percentual no índice. 

Transportes (1,80%) teve a maior contribuição com 0,4 ponto. Alimentação e bebidas (1,52%) foi outro grupo de relevância, impactando em 0,32 ponto.

+ Derivativos: o guia definitivo para você começar a investir!

Entre os itens, o maior peso sobre a prévia da inflação foram os produtos farmacêuticos (5,24%) com 0,17 ponto. Ele foi seguido por produtos de higiene pessoal (3,03% e 0,11 ponto) e passagens aéreas (18,40% e 0,09 ponto).

Por fim, o único grupo que teve recuo no nível de preços em maio foi habitação (-3,85%). Dessa forma, o grupo ajudou a reduzir o índice de 0,62 ponto percentual.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

IPCA-15 avança 0,59% em maio e supera expectativa; saúde e transportes se destacam

Leia também:

Governo reduz imposto de importação de 6.195 códigos tarifários para conter inflação


Sobre o autor