Mercados

Investimento cresce 16,3% no terceiro trimestre, diz Ipea

Por Fast Trade
30 novembro 2020 - 17:10 | Atualizado em 30 novembro 2020 - 19:14
investimento; Ibovespa

O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) mostrou crescimento de 3,5% no investimento, no mês de setembro. A informação é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada divulgado nesta segunda-feira (30).

De acordo com a instituição, o indicador subiu 1,1% na comparação com o mesmo período de 2019 em investimento. Assim sendo, a Formação Bruta de Capital Fixo findou o terceiro de julho, agosto e setembro com crescimento de 16,3%.

Nesse sentido, a comparação foi feita com o trimestre imediatamente anterior, período em que o índice declinou 15,42%, na série com ajuste sazonal.

Em contrapartida, a FBCF recuou 2,8% ante o terceiro trimestre do ano passado. Já no acumulado de 12 meses findos em setembro, a contração chegou aos 3,6%.

Esse indicador é composto por máquinas e equipamentos, construção civil e outros ativos fixos. Nesse contexto, setembro marcou um salto de 2% na produção de máquinas e equipamentos destinados ao mercado interno.

Ademais, a importação desses mesmos produtos avançou 30,1% no mesmo período.

Por sua vez, o consumo aparente de máquinas e equipamentos subiu 4,3% no nono mês do ano. Isso fez com que o terceiro trimestre marcasse uma alta de 9,7%.

Assim também, o indicador de construção civil aumentou 2% no mesmo período, na série dessazonalizada. Segundo o Ipea, essa foi a quinta valorização positiva consecutiva na base de comparação, elevando o crescimento do segmento para 18,4% na passagem entre o segundo e terceiro trimestres deste ano.

Por fim, acesse a íntegra do Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) no blog da Carta de Conjuntura.

Leia mais notícias sobre investimentos:


Sobre o autor