Economia

Intenção de consumo das famílias está melhorando, diz CNC

Por Fast Trade
14 janeiro 2021 - 17:00 | Atualizado em 14 janeiro 2021 - 19:09

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a intenção de consumo das famílias está melhorando.

Nesse sentido, a entidade divulgou nesta quinta-feira (14) que o ICF, indicador que mede a intenção de consumo, subiu 0,7% em janeiro e totalizou 73,6 pontos.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Diante da quinta alta consecutiva – na comparação mensal –, o indicador tocou o maior nível desde maio de 2020 (81,7 pontos).

Em contrapartida, a confiança do consumidor ainda é a pior para um mês de janeiro desde o início da série histórica, em 2010. 

Além disso, a leitura da CNC mostrou um recuo de 24,2% na comparação anual para o mês, marcando a décima retração consecutiva nesta base comparativa.

Assim sendo, o indicador relacionado com a confiança do consumidor se mantém abaixo do nível de satisfação (100 pontos).

Embora tenha sido fortemente impactado pela pandemia do novo coronavírus, o ICF vem se mantendo abaixo dos 100 pontos desde abril de 2015.

Há, no entanto, sinais de melhora na margem, por mais que os indicadores permaneçam aquém do cenário pré-covid.

Para Tadros, é importante “a validação e a agilização da compra e distribuição da vacina, ou das vacinas, para efetivar esse processo de retomada”.

Baixe gratuitamente: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Explorando a pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) – janeiro

Os indicadores relacionados ao momento atual, por exemplo, renovaram em janeiro os melhores níveis dos últimos meses.

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Em primeiro lugar, a categoria que mede a satisfação dos brasileiros com o emprego aumentou 0,2%, a 88,9 pontos. Segundo a CNC, este é o maior nível alcançado desde maio do ano passado.

Em segundo lugar, o índice relacionado à renda avançou de 78,8 pontos para 79,5 pontos – nível mais alto desde junho de 2020.

Por fim, acesse a análise, os gráficos e a série histórica da ICF e veja sobre os itens.

Leia também:

 


Sobre o autor