Tecnologia

Inteligência artificial ganha cada vez mais espaço nas decisões de investimento

Por Fast Trade
13 setembro 2021 - 07:04 | Atualizado em 05 outubro 2021 - 10:11
Inteligência artificial

Cada vez mais, humanos e inteligência artificial (IA) se unem para melhorar a dinâmica de investimentos. A tecnologia está presente em corretoras, gestoras de patrimônio e nas instituições financeiras em geral.

No Brasil, a IA atua em parceria com especialistas para otimizar a escolha dos ativos com base no perfil de cada cliente. Essa opção, contudo, não se trata de robôs traders. Ou seja, aqueles que são usados no auxílio das transações de compra e venda diária.

“O robô não vai tentar prever o movimento do mercado, mas vai ajudar no rebalanceamento da carteira”, afirmou Lucas Taxweiler, analista de investimentos da Magnetis. Ele vai ainda além e diz que essa será a forma mais usual de investimento no futuro. 

+ Confira o Glossário do mundo trader e fique por dentro do termos

Nesse sentido, o Banco do Brasil é um bom exemplo, pois oferece o robô BB Advisor para auxiliar os clientes a encontrar as melhores aplicações segundo determinados critérios.

Segundo o Business Insider, os serviços de IA terão US$4,6 trilhões sob custódia até 2022 somente nos EUA. Consultores e robôs se unirão para indicar as melhores carteiras para cada investidor, orientar metas, fornecer um planejamento financeiro, dentre outros.

A Clear, por exemplo, usa o Assistente de Inteligência Artificial (AIA) a fim de identificar padrões de comportamento. Assim, é possível automatizar a escolha de ações e fornecer dicas personalizadas.

Inteligência artificial nos fundos de investimento

As gestoras de fundos também estão aderindo cada vez mais aos robôs inteligentes. Em agosto, a Itaú Asset anunciou o uso de 12 robôs-advisors para a manutenção dos fundos Quantamental.

Desse modo, os robôs auxiliam na montagem dos portfólios sugerindo ações e depois elas são revisadas pelos especialistas. 

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

“Os robôs usam estatísticas e dados quantitativos. Se acontece um evento único e inesperado, fica clara a importância da parceria entre a inteligência artificial e a mente humana”, afirmou Carlos Augusto Salamonde, CEO da Itaú Asset.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Inteligência artificial ganha cada vez mais espaço nas decisões de investimento

Leia também:

CSN retoma IPO da divisão de cimentos depois de aquisição de novos negócios do Grupo Holcim

Dólar avança a R$5,26 e registra ganho semanal de 1,59%


Sobre o autor