Mercados

Índices mundiais têm viés de baixa em alerta aos casos de Covid-19

Por Fast Trade
28 junho 2021 - 08:48 | Atualizado em 28 junho 2021 - 08:52
pós-superquarta

Os índices mundiais apresentam viés de baixa, com os investidores em alerta sobre o aumento do número de casos de Covid-19 em diversos países.

Em meio ao surgimento de novas variantes altamente contagiosas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) solicitou que as pessoas vacinadas continuem utilizando máscaras.

Além disso, ainda repercute no mercado as sinalizações do Federal Reserve sobre a transitoriedade das pressões inflacionárias no país. No entanto, o Departamento de Comércio americano informou que o seu dado de inflação subiu 3,4%, no ritmo mais intenso desde 1990.

Vale lembrar que na próxima sexta-feira (2), o Departamento de Emprego dos EUA divulgará o payroll (relatório de empregos) de junho.

+ Relatório Maiores Dividendos para 2021 – Baixe agora!

No Brasil, as notícias da Comissão Parlamentar de Inquérito, mais do que nunca, acentuam a volatilidade nas negociações. Assim, as investigações têm como foco as denúncias de superfaturamento nas compras da Covaxin pelo Ministério da Saúde.

Desse modo, a CPI pretende acionar a Procuradoria-Geral da República para iniciar uma investigação sobre eventual participação do presidente Jair Bolsonaro.

Apesar disso, após um longo período, o dólar finalmente atingiu uma cotação inferior a R$ 5,00 após um longo período, e especialistas se atentam à Selic, que pode afetar a cotação caso o ritmo dos juros se acelera, como ocorreu em 2013 e 2015.

Panorama Internacional – Europa e Ásia

Os índices asiáticos fecharam com viés de baixa refletindo catalisadores regionais, em meio a um início de semana morno no cenário externo.

Nesse sentido, o índice Nikkei, no Japão, fechou com baixa marginal, mesmo com altas do gigante varejista Seven & I holdings e quedas da Ricoh Co Ltd.

Ao mesmo tempo, os mercados da China ficaram em território negativo pelos dados dos lucros no setor industrial, que registraram expansão de anual de 36,4% em maio, embora tenha mostrado desaceleração.

  • Nikkei (Japão) -0,06%
  • Hang Seng (Hong Kong) -0,07%
  • Shanghai (China) -0,03%
  • Kospi (Coreia do Sul) -0,03%

Por fim, o panorama Europeu é de queda, com o índice Stoxx 600 recuando 0,22% às 08h45 (horário de Brasília), afetado pelos setores de telefonia, viagens e lazer.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade

Índices mundiais têm viés de baixa em alerta aos casos de Covid-19

Leia também:

Tributação de dividendos pode desestimular a distribuição do lucro

Prêmio em ações ainda é mais vantajoso do que em renda fixa, diz Bradesco BBI

Ibovespa cai 1,7% reagindo à tributação de dividendos e aos ruídos em Brasília


Sobre o autor