AçõesHome

Índices brasileiros valorizam em Nova Iorque com alta das Bolsas no exterior

Por Pablo Vinicius Souza
02 novembro 2018 - 13:58
ADRs do Brasil

Em clima de feriado no Brasil e sem operações no Ibovespa, os ADRs (American Depositary Receipts) das empresas brasileiras negociados nas Bolsas de Nova Iorque e Wall Street,  apresentavam excelente desempenho. Ás 12h37 (horário de Brasília), os ativos da Petrobras avançavam 0,61%, Itaú Unibanco subiam 0,89%, e, após o presidente eleito Jair Bolsonaro anunciar acordo com a Boeing, a Embraer valorizava 0,82%.

Impulsionados com a divulgação dos 250 mil novos postos de trabalho criados pelos EUA em outubro, os índices Dow Jones e S&P 500 subiam 0,5% e 1% nesse pregão, enquanto o Nasdaq foi limitado pela queda de 4% da Apple e operava em queda de 0,98%.

Na Ásia, as Bolsas fecharam com ganhos surpreendentes. O Xangai Composto, da cidade de Xangai, subiu 2,70%, o SZSE Componente, de Shenzhen, aumentou 3,96%, o Nikkei 225 de Tóquio avançou 2,63% e o Hang Seng, de Hong Kong, teve alta de 4,21%. Os bons resultados foram puxados pela valorização de algumas empresas como a estatal chinesa Yaxing Chem, que subiu 10,10%, e da japonesa Sumitomo Dainippon Pharma Co Ltd, que avançou 14,59%.

Leia também:

Calendário Econômico – EUA 02/11/2018

 


Sobre o autor