Mercados

Indicadores econômicos (PIB, Payroll), política e outros destaques da semana

Por Fast Trade
31 maio 2021 - 07:00 | Atualizado em 31 maio 2021 - 07:50
economia-global

Os investidores se preparam para uma semana agitada, com indicadores econômicos importantes pelo mundo. Internamente, o mercado ainda repercute destaques que podem movimentar o Ibovespa.

Na esfera política, o próximo desafio da CPI da Covid será investigar se houve desvio de recursos transferidos pela União para o enfrentamento da pandemia.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Além disso, o mercado monitora amanhã (1) uma sessão do Congresso Nacional que pode resolver os impasses relacionados ao Orçamento de 2021.

Outro destaque desta semana é a audiência pública da Comissão de Direitos Humanos do Senado (CDH).

Denominada “A importância das estatais e o impacto da privatização da Eletrobras”, a audiência está marcada para ocorrer a partir das 8h30 desta segunda-feira (31).

Vale destacar que nesta segunda-feira (31) é feriado de Memorial Day nos Estados Unidos, fato que deve reduzir bastante o volume negociado na B3.

Posteriormente, na quinta-feira (3), a Bolsa de Valores brasileira vai interromper as negociações em razão do feriado de Corpus Christi.

Veja a seguir quais são os principais indicadores econômicos que vão movimentar os principais mercados globais na semana.

+ Guia completo sobre como declarar IR no Day Trade

Agenda de indicadores econômicos domésticos

No Brasil, é de praxe aguardar dados como a balança comercial ou o boletim Focus elaborado pelo Banco Central.

Ademais, a agenda de indicadores econômicos da semana será recheada com a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil referente ao primeiro trimestre.

A princípio, a divulgação do resultado – que deve movimentar o mercado – é esperada para terça-feira (1), às 9h.

Posteriormente, na quarta (2), as atenções se concentram no dado de produção industrial de abril.

Já entre os indicadores econômicos externos, o início da semana foi marcado pelo Índice de Gerente de Compras (PMI) de manufatura e composite na China.

Conforme os dados divulgados nesta segunda-feira em Pequim pelo Escritório Nacional de Estatísticas da China (NBS), o PMI do setor industrial chinês caiu para 51,0 (de 51,1 em abril).

+ Relatório: Maiores rendimentos de dividendos em 2021

Atenção ainda para os demais indicadores econômicos que podem repercutir no mercado doméstico, como mais alguns PMIs de indústria e serviços.

Nos Estados Unidos, as atenções se voltarão para os resultados de emprego, como pelo Relatório Nacional de Emprego ADP de maio, na quinta-feira.

Responsável por mostrar a criação de vagas no setor privado do país, o indicador frustrou o mercado em abril. Por fim, o mercado acompanha no dia seguinte a divulgação do relatório de emprego Payroll.

Antes de mais nada, leia também:

Ibovespa avança 0,96% e renova a máxima histórica mirando os 130 mil

Dólar cai a R$5,21 e acumula perdas de 4,03% no penúltimo pregão de maio

J.P. Morgan eleva o preço-alvo da Petrobras para R$35,50 em 2021

Do mesmo modo, acesse:

Destaques da B3: Ecorodovias (ECOR3), Camil (CAML3) e Itaúsa (ITSA4)

Governo Central reporta superávit primário de R$ 16,5 bilhões em abril

Índice de Confiança da Construção avança pela primeira vez em 2021

Além disso, confira:

Guedes sugere alta de até 5% do PIB em 2021 e projeta superávit primário em 2024

Gol (GOLL4) divulga prévias e Goldman Sachs mantém recomendação de compra

Certificação da OIE amplia o acesso da carne brasileira a outros mercados

Assim também, leia:

VBP deve crescer 12,1% em 2021 com safra recorde e preços favoráveis

Safra de grãos do Brasil deve bater o recorde de 264,5 mi de toneladas em 2021, diz IBGE

China amplia compras e exportação de carne suína do Brasil cresce 35,1% em abril


Sobre o autor