HomeMercados

Indicadores econômicos: IGP-M; IPCA; fluxo cambial; estoques dos Estados Unidos e mais

Por Pablo Vinicius Souza
10 julho 2019 - 10:52
Nossa agenda local de indicadores econômicos tem como destaque a divulgação da Pesquisa Mensal do Comércio de setembro do IBGE.

Nossa agenda doméstica de indicadores econômicos tem como destaque a publicação da FGV, que trará a prévia do IGP-M de julho e os dados semanais do fluxo cambial, pelo Banco Central.

O IBGE informa IPCA, que deve desacelerar de 0,13% em maio para -0,03% em junho, pela mediana de pesquisa Broadcast.

Ademais, o intervalo das estimativas vai de -0,07% a +0,08%. Há dois anos o índice não registra deflação em junho.

Em 12 meses, o indicador tende a retornar a níveis inferiores ao centro da meta (4,25%), para 3,33% na mediana.

Em Brasília, a Comissão Mista de Orçamento se reúne (14h30) para discutir e votar LDO de 2020.

Lá fora, o departamento do comércio dos Estados Unidos informa os estoques no atacado, com previsão de alta de 0,4% no mês passado.

Posteriormente, saem os estoques de petróleo bruto semanal, divulgados pelo DoE.

A previsão é de queda para o óleo bruto (-2,4 milhões de barris) e gasolina (-2 milhões) e alta dos destilados (+900 mil).

Ontem, o Departamento de Trabalho revelou que o número de postos de trabalho abertos durante maio foi de 7,3 milhões.

O saldo ficou levemente abaixo das projeções de analistas, que previam abertura de 7,47 milhões de postos.

Destaque de indicadores econômicos internacional, o relatório JOLTS (Job Openings and Labor Turnover), mostrou queda nas contratações para 5,7 milhões.

Em contrapartida, a taxa de abertura de empregos ficou em 4,6%, com destaque para o setor de serviços.

No Reino Unido, saem produção industrial e balança comercial.

Na China, o CPI subiu 2,7% em junho (comparação anual). O PPI ficou abaixo da estimativa de alta de 0,2%.

Leia mais:

Nova Previdência já tem votos para ser aprovada; sessão recomeça hoje

Governo liberou R$ 2,6 bilhões em emendas às vésperas da votação da reforma, diz oposição

O cabo de guerra da reforma Tributária

Novo capítulo na polêmica das conversas vazadas entre membros da força-tarefa Lava Jato


Sobre o autor