Mercados

Indicadores econômicos e eventos que são destaques na semana

Por Fast Trade
30 novembro 2020 - 08:00 | Atualizado em 30 novembro 2020 - 08:32
Impactos do coronavírus

O investidor acompanhará entre hoje (30) e sexta-feira (4) uma importante bateria de indicadores econômicos globais. Vale lembrar que a semana marca a chegada do último mês do ano, mas também o fechamento de novembro.

A B3 e outras Bolsas no mundo acumularam fortes altas aqui, impulsionadas sobretudo por perspectivas positivas sobre a vacina contra covid-19. Expectativa é que o pregão desta segunda-feira consolide o bom resultado, após um ano conturbado pela pandemia.

Nesse sentido, o investidor também vai acompanhar alguns importantes eventos como o Petrobras Day, por exemplo. Na quarta-feira passada (25), a petroleira divulgou ter aprovado seu Plano Estratégico para o quinquênio 2021-2025.

Assim sendo, o evento poderá trazer mais detalhes sobre o cronograma das plataformas, bem como projeções de fluxo de caixa e de economia de despesas.

Ademais, os mercados globais monitoram o início da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). O grupo se reunirá por dois dias e os membros podem decidir pela manutenção dos cortes da produção.

Está programado para janeiro o aumento da produção de 1,9 milhão de barris por dia. No entanto, a chegada da segunda onda de covid-19 em algumas partes do mundo voltou a pressionar a demanda.

Diante desse cenário, o grupo liderado pela Arábia Saudita e Rússia sinalizou que está inclinado a estender a medida. Isso também favoreceu o mercado de petróleo nos últimos dias. Assim sendo, o WTI e o Brent subiram forte na semana passada.

Outro catalisador para esse disparo na semana foi a expectativa de retomada econômica com a chegada de uma vacina.

Aqui no Fast Trade você acompanha o desempenho do petróleo, dólar, Ibovespa e muito mais.

Baixe gratuitamente: E-book o que ninguém te conta sobre os investimentos em ações

Indicadores econômicos globais

Inaugurando uma importante e recheada agenda de indicadores econômicos, o Índice de Gerentes de Compra (PMI, na sigla em inglês) oficial do setor de manufatura chinesa avançou para 52,1 na passagem de outubro (51,4) para novembro, conforme os dados divulgados nesta segunda-feira em Pequim pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS).

Desse modo, o principal indicador oficial da atividade fabril da China atingiu um pico de três anos em novembro. De acordo com o Valor Econômico, isso sinaliza a recuperação estável da segunda maior economia do mundo.

Nesse sentido, os indicadores econômicos nivelam o grau de recuperação global após os impactos mais sérios da pandemia.

Assim também, o NBS divulgou o PMI não manufatureiro da potência asiática, que compreende os segmentos de serviços e de construção. De acordo com o departamento de estatísticas, o índice oficial passou de 56,2 (outubro) para 56,4 em novembro.

Passando para os Estados Unidos, um dos principais destaques da semana é o relatório de emprego referente a novembro. Para fechar a semana, atenção especial nos Estados Unidos, com o relatório de emprego de novembro (“payroll”).

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Indicadores domésticos

Normalmente, a publicação da balança comercial brasileira acontece nas segundas-feiras. Hoje, no entanto, o Ministério da Economia adiará a publicação até amanhã.

Com isso, os dados preliminares do mês de novembro também levarão em consideração os números apurados nesta segunda-feira (30). Portanto, a balança comercial de novembro será divulgada no primeiro dia do mês.

Por outro lado, o mercado doméstico aguarda a divulgação do relatório Focus, do Banco Central.

Esse documento traz a “evolução gráfica e o comportamento semanal das projeções para índices de preços, atividade econômica, câmbio, taxa Selic, entre outros indicadores econômicos”. Embora o relatório seja divulgado pelo BC, essas projeções são do mercado financeiro.

Atenção ainda para a inflação medida pelo IPC-Fipe e a produção industrial, ambos divulgados na quarta-feira (2). Posteriormente, o mercado local acompanha a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre do Brasil.

Baixe gratuitamente: Guia do investidor iniciante

Leia também:

Petróleo fecha sem direção única e sobe na semana que antecede a reunião da Opep+

B3: juros sobre o capital próprio de ITUB4, SMLS3 e FESA4

CRFB3: Carrefour perde R$ 2 bilhões em valor de mercado após homicídio em loja

Ação da Telefônica (VIVT4) e parceria entre Embraer (EMBR3) e EDP (ENBR3)

GOLL4: média diária de voos da Gol sobe 34% em outubro

CCRO3: CCR anuncia emissão de R$ 960 milhões em debêntures

AZUL4: Azul anota prejuízo de R$ 1,2 bilhão no 3T20, mas melhora previsões

Telefônica (VIVT3) pagará R$ 400 mi em JSCP e resultado da Notre Dame (GNDI3)


Sobre o autor