EconomiaHome

Indicadores econômicos: boletim Focus; IED chinês; PMIs globais e ata do Federal Reserve

Por Pablo Vinicius Souza
18 novembro 2019 - 10:19
Nossa agenda local de indicadores econômicos tem como destaque a divulgação da Pesquisa Mensal do Comércio de setembro do IBGE.

Entre os indicadores econômicos locais, os investidores vão monitorar o boletim Focus do Banco Central, que pode refletir alguma melhora nas projeções de crescimento do PIB.

No continente asiático, os dados econômicos com potencial de impactar a economia já estão a todo vapor.

De acordo com o Ministério de Comércio chinês, a China atraiu US$ 10 bilhões em investimento estrangeiro direto (IED) em outubro, isso é, +3,1% frente ao décimo mês do ano anterior.

Na comparação anual do mês de setembro, o avanço do IED foi mais singelo, de apenas 0,5%.

Em 2019, isto é, nos dez primeiros meses do ano, o IED na China aumentou 2,9% frente a janeiro-outubro de 2018, a US$ 110,8 bilhões, segundo informou o ministério.

Seguindo a linha dos indicadores econômicos no continente asiático, os investidores esperam receber os PMI do Japão, na sexta-feira (22).

Na Europa, o Banco Central Europeu publicará a ata de sua reunião mais recente, sob a liderança de Mario Draghi.

Posteriormente, a recém-empossada Presidente do BCE, Christine Lagarde, fará um discurso sobre os dados.

Neste dia, o mercado acompanhará a divulgação do PMI da zona do euro, indicando o nível da saúde econômica local.

Nos EUA, o evento econômico mais aguardado da semana é a publicação da ata do Fed, da reunião de outubro.

Naquela ocasião, o órgão indicou que seus planos de flexibilização estavam suspensos após três cortes consecutivos nas taxas.

banco central norte-americano descreveu os cortes nas taxas como uma apólice de seguro contra o atrito causado pela desaceleração do crescimento global, mas também pela crescente incerteza geopolítica e comercial.

Ouros dados aguardados são os índices de vendas de imóveis existentes e os números dos pedidos iniciais e contínuos de seguros desemprego, ambos na quinta-feira (21). No dia seguinte, é dia de PMI dos Estados Unidos.


Sobre o autor