AgronegócioHome

Indicador registra queda superior a 10% no preço do milho

Por Bruna Santos
05 novembro 2018 - 14:50

O preço do milho continua a cair e chegou a ultrapassar os 10% no mês de outubro em muitas regiões (em especial no Centro-Oeste, onde os produtores tem encontrado outras soluções para a venda do produto).

Segundo apontamento feito pelo Cepea, poucos produtores dentre aqueles que foram consultados limitaram a oferta do milho, restringindo-se apenas aos mais capitalizados que optaram por concentrar suas atividades de semeio da soja.

Ainda de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), os principais agentes causadores dessa queda que vem aumentando gradativamente se baseiam na boa safra de verão em 2018/19 que tem proporcionado uma maior oferta de milho e a expectativa de uma boa e contínua produção, flexibilidade nos valores de venda e uma maior concorrência nas compras no mercado interno, assim como no desaquecimento de exportações

Além disso, compradores têm-se mostrado indiferentes à necessidade de reabastecimento e, mesmo as indústrias que ainda precisam preencher seus respectivos estoques, o fazem de forma cautelosa.

Em outubro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas – SP) caiu 13,3%, fechando em R$ 34,17/saca de 60 kg na quarta-feira, 31. Só entre 26 de outubro e 1 de novembro essa queda atingiu 0,8%.

Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br


Sobre o autor