Economia

Incerteza da Economia recua mais uma vez, mas pode voltar a subir, diz FGV

Por Fast Trade
30 outubro 2020 - 16:00 | Atualizado em 30 outubro 2020 - 17:30
Declarações de Bolsonaro e lentidão no avanço do PIB dificultam novos investimentos; economia brasileira; Ministério da Saúde

Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) recuou 2,0 pontos na passagem de setembro para outubro, totalizando 143,8 pontos.

Esse resultado marca a sexta queda consecutiva do indicador, que recuou, no entanto, em ritmo mais moderado frente aos outros cinco meses.

Mesmo assim, o medidor segue 29 pontos acima do nível pré-pandemia, em fevereiro deste ano, mas também 7,0 pontos acima do nível máximo anterior à pandemia de setembro de 2015.

Embora a incerteza da economia tenha inaugurado o último trimestre de 2020 acima dos 140 pontos, é possível que o IIE-Br suba nos próximos meses.

Para a economista Anna Carolina Gouvea, da FGV, a desaceleração sentida no resultado de outubro está relacionada com as dúvidas sobre a evolução da pandemia.

Diante deste cenário, especialmente em meio a 2º onda de covid-19 que já vive alguns países da Europa, por exemplo, o temor sobre o avanço de covid-19 no Brasil pode fazer com que o indicador volte a ficar pressionado, conforme a avaliação da economista.

“Isso faz crescer incerteza em relação à ao andamento da atividade econômica no Brasil, para os próximos meses” comentou ela.

Baixe agora: Guia completo de como ter sucesso nas operações de day trade

Estrangeiros

Outro aspecto levantado por ela é que não se sabe como a 2ª onda de casos na Europa pode refletir entre os investidores estrangeiros.

Há dúvidas de como o investidor pode se posicionar em relação a mercados emergentes, como o Brasil, que registrou a fuga desse grupo este ano.

“Existe a questão do mercado financeiro, que está preocupado com a falta de um plano crível por parte da economia brasileira”, comentou.

Baixe agora: Dólar e Mini Dólar – Desvendando este mercado

Mais do Indicador de Incerteza da Economia

Ademais, o componente de mídia caiu 4,0 pontos, para 126 pontos. De acordo com Anna Carolina, esse nível já havia sido registrado em outros períodos.

Em contrapartida, a permanência do componente de expectativas acima dos 190 pontos por mais de 6 meses é “um fato inédito”.

Esse indicador subiu 4,3 pontos, para 194,3 pontos e contribuiu positivamente em 1,5 ponto para o comportamento do IIE-Br.

Questionada sobre a melhor estratégia para tentar reaquecer o ritmo de queda de incerteza da economia, a economista reiterou necessidade de planejamento mais confiável, por parte do ministério da Economia, para lidar com a atual crise, segundo o Valor Econômico.

Por fim, clique aqui para acessar o press release na íntegra.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Últimas notícias:

Ibovespa opera em forte queda seguindo a diretriz internacional

Dólar avança com foco no exterior e na disputa pela Ptax


Sobre o autor