Ações

Ibovespa vira para alta com índices de NY e expectativa pela vacina

Por Fast Trade
30 junho 2020 - 13:09 | Atualizado em 30 junho 2020 - 16:07

O Ibovespa virou para alta nesta terça-feira (30), seguindo o viés positivo dos índices de Nova York e a expectativa pela vacina contra o Covid-19.

Depois de abrir em queda refletindo as preocupações com uma segunda onda de infecções, o índice geral mudou de direção, impulsionado pelo aumento da demanda por risco.

Nesse sentido, os investidores ficaram entusiasmados após o índice de confiança do consumidor nos Estados Unidos avançar para 98,1 pontos em junho, depois de registrar 85,9 pontos em maio.

Diante disso, as Bolsas em Wall Street operavam nas máximas do dia, já que, este dado apresenta uma forte correlação inversa com a taxa de desemprego no longo prazo.

Ademais, também contribuía com o bom momento o compromisso dos Bancos Centrais em conceder mais estímulos e a continuidade da reabertura em diversos países.

Outro fator de peso eram os Índices de Gerentes de Compras (PMI) do setor de serviços e manufatura da China, que mostraram expansão das atividades ao reportar a leitura de 54,4 e 50,4 pontos, respectivamente.

Não obstante o viés positivo, os ganhos eram limitados pelos temores em torno do coronavírus, sobretudo, após o presidente da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, dizer que a pandemia está longe de terminar e que “o pior ainda está por vir”.

Também contaminava as perspectivas a lei de segurança nacional para Hong Kong, aprovada pelo parlamento chinês, que condiciona a autonomia do território.

Dessa forma, potencialmente, o fato pode agravar as tensões entre EUA e China, pois, se trata de um assunto de grande divergência entre os países.

Coronavírus no Brasil, testes da vacina e mercado acionário local

No Brasil, o coronavírus já levou a óbito cerca de 58.406 pessoas e contaminou outras 1.373.006, o que corresponde a 11% das mortes totais.

Nesse contexto, a empresa de biotecnologia farmacêutica Inovio divulgou um resultado preliminar positivo dos testes clínicos feitos com a vacina INO-4800, segundo o Valor Investe.

Assim, na fase 1 dos testes, aproximadamente 94% dos participantes apresentaram respostas imunes na sexta semana após tomar duas doses da vacina.

A companhia informou que foram utilizados 40 voluntários sadios, que, depois de oito semanas submetidos ao tratamento, não apresentaram nenhum efeito colateral.

Na agenda econômica, o destaque era a Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (Pnad), que informou o aumento para 12,9% da taxa de desemprego mensurada no trimestre encerrado em maio.

Na B3, a IRB Brasil era o destaque do momento devido aos resultados muito abaixo do esperado e as revisões dos números contabilizados em 2019.

As companhias Hering (HGTX3), Eletrobras (ELET3), MRV (MRVE3), BRF (BRFS3) e Totvs (TOTS3) lideravam os ganhos do momento.

Ás 13h07 (horário de Brasília), a Bolsa brasileira subia 0,17%, aos 95.894 pontos, com um volume financeiro de R$8,816 bilhões.

Ibovespa vira para alta com índices de NY e expectativa pela vacina

Acompanhe as últimas notícias do mercado financeiro:

Dólar avança com tensão EUA-China e dados econômicos

Risco de segunda onda da Covid-19 volta a pressionar índices

Resultado do 1T20: Tupy (TUPY3), Ecorodovias (ECOR3) e Renova Energia (RNEW4)

Alocação em ações no Brasil está acima da média, avalia o Santander


Sobre o autor