Ações

Ibovespa sobe forte com Powell e expectativas pela vacina

Por Fast Trade
18 maio 2020 - 12:50 | Atualizado em 18 maio 2020 - 16:00
panorama corporativo

O Ibovespa opera em forte alta nesta segunda-feira (18), reagindo às declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell e às expectativas pela vacina contra o Covid-19.

No último domingo, o chairman do Fed disse que a economia dos EUA deve iniciar o processo de recuperação no segundo semestre de 2020.

Além disso, Powell destacou que a confiança do mercado conseguirá retornar aos níveis antes da pandemia somente após a descoberta de uma vacina.

Isso porque, enquanto as pessoas não estiverem seguras de que não serão afetadas pelo vírus, dificilmente haverá uma retomada completa dos níveis de produção e consumo.

Ele também assegurou que a instituição possui diversas ferramentas para conter a recessão econômica e que pretende utilizar tudo o que for possível neste momento.

Outro fator que animava os investidores era o anúncio da farmacêutica Moderna Therapeutics sobre o avanço no desenvolvimento da vacina contra o coronavírus.

Nesse contexto, a companhia informou que obteve resultados positivos ao aplicar duas doses administradas em 45 participantes, desencadeando a produção de anticorpos.

A notícia renovou as esperanças do mercado, pois, evidenciou a possibilidade de que estamos perto de encontrar uma saída para o controle da doença.

Enquanto isso, na Europa, países como França, Itália e Espanha já autorizaram a reabertura de bares, cafés, restaurantes e museus, respeitando as medidas de higienização.

Crise política e acusações a Flávio Bolsonaro

No Brasil, as atenções se concentravam na saída do ministro da Saúde, Nelson Teich, que colocou em destaque a crise política dentro do próprio governo.

Nesse sentido, o mercado aguarda o anúncio do novo líder da pasta, enquanto o país sobe para o quarto lugar em número de casos de Covid-19.

Ademais, por pressão de Jair Bolsonaro, o novo ministro deverá assinar um protocolo para o uso da cloroquina em todos os pacientes confirmados.

Mesmo sem comprovação científica, o presidente insiste na utilização do medicamento para o tratamento do coronavírus e pede pela reabertura imediata e integral da economia.

Também ficou no radar, a repercussão das acusações que o empresário Paulo Marinho fez ao senador Flávio Bolsonaro, o filho 01 do presidente.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, Marinho disse que Flávio foi avisado sobre as investigações que envolviam o seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Por isso, o senador teria demitido no dia seguinte o seu ex-assessor e chefe de segurança parlamentar, Fabrício Queiroz, que operava o esquema de desvio de verbas públicas conhecido como “rachadinha”.  

Na B3, as companhias Azul (AZUL4), CVC (CVCB3), Braskem (BRKM5), Gol (GOLL4) e Petrobras (PETR3) lideravam os ganhos do momento.

Ás 12h50 (horário de Brasília), a Bolsa brasileira saltava 3,28%, aos 80.100 pontos, com um volume financeiro de R$8,704 bilhões.

Ibovespa sobe forte com Powell e expectativas pela vacina

Fique por dentro das últimas notícias do mercado financeiro:

Dólar opera em queda com reabertura dos países e crise local

Agenda local tem novo ministro da Saúde, vídeo citado por Moro e Flávio Bolsonaro no radar

OIBR3: BTG Pactual vê operadoras como boa aposta em meio à incerteza, acredita em consolidação

FEDFR: Recuperação nos EUA depende da descoberta de vacina contra a Covid-19, diz Powell


Sobre o autor