Ações

Ibovespa recua puxado por desempenho dos bancos e de olho em Brasília

Por Fast Trade
04 maio 2021 - 13:00 | Atualizado em 04 maio 2021 - 15:57
investimentos

Após subir 0,27% impulsionado pelo setor bancário na segunda-feira (3), o Ibovespa agora recua em dia de duras perdas para o segmento financeiro.

Às 12h52, o mais importante indicador do desempenho médio das ações negociadas na B3 recuava 0,70%, aos 118.379,95 pontos.

Em dia de cautela no exterior, os investidores domésticos ficavam de olho no Congresso com a CPI da Covid-19 e a reforma tributária.

+ Relatório: alocação de recursos

Destaques corporativos do Ibovespa

Já no cenário corporativo, o destaque fica com o relatório financeiro do primeiro trimestre de 2021 do Itaú Unibanco (ITUB4).

Em suma, os analistas do mercado acionário avaliaram que a instituição monetária mostrou resultados acima do esperado para o período.

No entanto, os números reportados foram impulsionados por fatores não recorrentes e, portanto, não se sabe se o bom desempenho será mantido. Em meio a essas incertezas, as ações do Itaú recuavam 3,80% próximo das 12h45, a R$ 26,86.

Em paralelo, outras ações do setor sofrem, como os papéis do Bradesco (BBDC4, -2,30%), do Santander Brasil (SANB11, -1,63%), do Banco do Brasil (BBAS3, -0,81%).

Vale destacar ainda que o mercado acompanha os dados do primeiro trimestre do Bradesco. O balanço será divulgado após o fechamento deste pregão (4).

Atenção ainda para a reunião entre Petrobras (PETR3; PETR4) e a Associação Brasileira dos Grandes Consumidores de Energia e Consumidores Livres (Abrace).

O encontro está previsto para o debate sobre um novo indexador para o preço do Gás. Às 12h49, as ações PETR3 declinavam 0,91%, seguidas do recuo de 0,68% para a PETR4.

Por outro lado, sobem os ativos da CSN (CSNA3, +0,79%), Vale (VALE3, +1,71%) e Metalurgica Gerdau (GOAU4, +1,10%).

Antes de mais nada, confira: Itaú (ITUB4) lucra R$ 6,4 bilhões no 1T21, +64% A/A

Por fim, leia também: Dólar sobe com exterior e agenda cheia em Brasília no radar


Sobre o autor