Ações

Ibovespa opera na faixa dos 120 mil pontos nesta parcial de sexta-feira (7)

Por Fast Trade
07 maio 2021 - 13:00 | Atualizado em 07 maio 2021 - 16:34
dólar avança com exterior

O Ibovespa opera em alta nesta sexta-feira (7) após um início de negociação entre perdas e ganhos. Na parcial das 12h44 (horário de Brasília), o indicador registrava alta de 0,69%, a 120.745,74 pontos.

Na máxima intradia, no entanto, chegou a romper os 121 mil pontos. Veja os destaques que estão movimentando o mercado:

Na política, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, voltou a defender o processo de capitalização da Eletrobras (ELET3, ELET5, ELET6).

+ O Controle de Risco em Operações Day Trading e Swing Trade: o que levar em conta?

Em cerimônia de posse do novo presidente da estatal, Rodrigo Limp, ele disse hoje que a elétrica “precisa estar apta a vencer os desafios da concorrência com outras empresas, com o propósito de entregar à sociedade energia limpa, segura e a preços competitivos”.

Atenção ainda para a reunião virtual entre Paulo Guedes, o ministro da Economia, Yang Wanming, o embaixador da China, principal fornecedor de vacinas e insumos para o Brasil, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Também segue no radar os debates em torno da reforma tributária e a CPI a Covid-19 no Senado Federal.

Na economia, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) revelou que as vendas do varejo caíram 0,6% entre fevereiro e março. Em contrapartida, quando comparado ao mesmo mês do ano passado, o indicador avançou 2,4%.

Destaques corporativos do Ibovespa

As ações da mineradora Vale (VALE3) avançavam 0,12% próximo das 12h45. Vale destacar que o minério de ferro fechou o pregão com novos ganhos após disparar mais de 6% na véspera (6).

Gerdau (GGBR4), CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5), no entanto, recuavam -0,78%, -0,95% e -2,80%, respectivamente.

+ Indicador MACD: Média Móvel Convergente e Divergente

As ações da CCR (CCRO3) lideravam os ganhos da B3 nesta parcial de sexta-feira (7), em alta de 9,02% às 12h46. Os papéis estão repercutindo o anúncio da AG Participações sobre a intenção de alienar a totalidade das ações de emissão da companhia.

Seguindo o viés de alta do Ibovespa, os ativos do Banco do Brasil (BBAS3) avançavam 2,67%, enquanto o mercado digere seu balanço do 1T21. Do mesmo modo, Neoenergia (NEOE3) e Azul (AZUL4) sobem 2,15% e 2,56%, respectivamente.

Além disso, as ações da B3 (B3SA3, +3,78%) e da JHSF (JHSF3, +3,37%) sobem após os seus respectivos balanços, ao passo que B2W (BTOW3, -1,43%) e Lojas Americanas (LAME4, -1,76%) caem.

Leia também:

Lucro da Neoenergia (NEOE3) dispara 75% e chega a R$ 1 bilhão no 1º trimestre

Banco do Brasil (BBAS3) lucra R$ 4,9 bilhões no primeiro trimestre (+44,7% A/A)

Azul (AZUL4) amarga prejuízo líquido de R$ 2,6 bilhões no primeiro trimestre

Gerdau (GGBR4) reporta lucro líquido ajustado recorde histórico no 1T21

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade.


Sobre o autor