Ações

Ibovespa mantém recorde próximo; mercado avalia falas de Guedes

Por Fast Trade
27 maio 2021 - 13:00 | Atualizado em 27 maio 2021 - 16:09
após IBC-Br

Próximo das máximas históricas, o Ibovespa oscila nesta quinta-feira (27), de olho nas falas do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ao participar do evento “Diálogo da Indústria”, promovido em Brasília por entidades do setor industrial, o economista falou sobre a aprovação da reforma tributária.

+ Maiores rendimentos de dividendos de 2021

“Relativamente otimista” com o andamento da matéria no Congresso, Guedes disse que o país tem condições de aprovar um texto ainda em 2021.

Ele destacou que foi acertado com os presidentes da Câmara dos Deputados, Artur Lira (PP-AL) e do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que as mudanças no imposto de renda e sobre consumo serão discutidas inicialmente pelos deputados, ao passo que os senadores começarão analisando o chamado “passaporte tributário”, que trata de contenciosos.

“Acho que está progredindo bastante e os passos são todos muito razoáveis e na direção de que não vai ter susto para ninguém”, disse ele.

O ministro ainda acenou para o fato de que o auxílio emergencial poderá ser renovado caso a pandemia não recue. “Não é nossa expectativa hoje, a expectativa é que está avançando a imunização, mas vamos observar”, comentou.

Às 12h44, o Ibovespa recuava 0,0094%, aos 123.977,54 pontos. O patamar segue relativamente próximo das máximas históricas registradas no dia 8 de janeiro (125.076,63 pontos no fechamento e 125.323,53 pontos no intradia).

+ Carteira Recomendada de Maio

Exterior

Além disso, os investidores seguem cautelosos conforme o mercado digere os dados econômicos menores do que o esperado nos Estados Unidos.

De acordo com o Departamento do Trabalho norte-americano, foram registrados 406 mil novos pedidos de auxílio-desemprego (em dado ajustado sazonalmente) na semana encerrada em 22 de maio.

+ Glossário do Trader

Já o relatório do Departamento do Comércio confirmou que o crescimento econômico acelerou nos três primeiros meses do ano, graças ao forte estímulo fiscal local. Nesse sentido, o PIB dos EUA expandiu a uma taxa anualizada de 6,4% de janeiro a março, segundo o governo.

Destaques corporativos do Ibovespa

As cinco maiores altas do Ibovespa próximo das 12h44: Embraer (EMBR3, +5,82%), Cogna (COGN3, +4,70%), YDUQS (YDUQ3, +4,13%), PetroRio (PRIO3, +3,66%) e Gerdau (GGBR4, +3,47%).

+ Calendário do Trader 2021

Por fim, as cinco maiores quedas do indicador: Azul (AZUL4, -2,80%), Banco Inter (BIDI11, -2,51%), Localiza (RENT3, -2,48%), Locamerica (LCAM3, -1,88%) e B3 (B3SA3, -1,46%).

Antes de mais nada, leia também:

Dólar amplia perdas após dados dos EUA e opera a R$ 5,27

Gol (GOLL4) divulga prévias e Goldman Sachs mantém recomendação de compra

Assim também, confira:

Índice de Confiança da Construção avança pela primeira vez em 2021

Guedes sugere alta de até 5% do PIB em 2021 e projeta superávit primário em 2024

Além disso, leia:

Mudança de cenário pode levar o BC a adotar juro neutro, diz Campos Neto

VBP deve crescer 12,1% em 2021 com safra recorde e preços favoráveis


Sobre o autor