Ações

Ibovespa ignora o exterior e cai pressionado pelo setor siderúrgico

Por Fast Trade
14 dezembro 2020 - 14:19 | Atualizado em 14 dezembro 2020 - 17:00
Ibovespa futuro apresenta queda

O Ibovespa opera em queda nesta segunda-feira (14), pressionado pelo desempenho negativo das ações do setor siderúrgico.

Nesse sentido, ganhavam destaque o declínio das companhias Vale (VALE3), CSN (CSNA3), Usiminas (USIM5) e Gerdau (GGBR4).

Esse movimento acompanhava as perdas do minério de ferro, após órgãos reguladores da China iniciarem uma investigação sobre o salto dos preços da commodity nos últimos dias.

No exterior, os mercados avançavam em expectativa ao início da vacinação contra o Covid-19 nos Estados Unidos.

Baixe agora: Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Isto porque, no final de semana, a FDA (Food and Drug Administration) autorizou o uso emergencial do medicamento desenvolvido pelas empresas Pfizer e BioNTech.

Ademais, relatos indicam que o programa de estímulos bipartidário de US$908 bilhões será apresentado no Congresso ainda hoje.

Assim, para elevar as chances de aprovação, os parlamentares decidiram fatiar o projeto em duas partes, que segregam a destinação dos recursos.

Na Europa, a primeira-ministra da Alemanha, Angela Merkel, decidiu fechar escolas e outros negócios considerados não essenciais, visando conter a disseminação do vírus.

Baixe agora: Derivativos – O guia definitivo para começar a investir

Da mesma forma, França, Itália e Espanha avaliam endurecer as medidas de restrição durante as festividades de final de ano para frear as taxas de contágio.

No Brasil, os investidores se concentravam na votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que está agendada para a próxima quarta-feira (16).

Devido à frustração após o adiamento da apresentação da PEC Emergencial no Congresso, a expectativa é que o plenário aprove a LDO e evite uma paralisação dos serviços públicos.

Ao mesmo tempo, na agenda de indicadores, o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de outubro subiu 0,86% em outubro, abaixo do previsto pelo mercado.

Destaques Corporativos

Na B3, o destaque de alta vai para a CVC (CVCB3), que subia mais de 3% em meio à perspectiva de início da vacinação no país.

Em contrapartida, as ações da Cogna (COGN3) recuavam 2,6% mesmo após a empresa ter divulgado projeções operacionais robustas para os próximos anos.

Top 5 máximas do índice à vista: CVC (CVCB3), BTG Pactual (BPAC11), BR Distribuidora (BRDT3), IRB Brasil (IRBR3), Tim (TIMP3).

Baixe agora: Guia do Investidor Iniciante

Top 5 mínimas do índice à vista: Cogna (COGN3), CSN (CSNA3), Yduqs (YDUQ3), Usiminas (USIM5), B2W Digital (BTOW3).

Às 13h18 (horário de Brasília), a Bolsa brasileira caía 0,20%, aos 114.902 pontos, com um volume financeiro de R$8,362 bilhões.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre as técnicas e estratégias aplicadas ao day trade? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Ibovespa ignora o exterior e cai pressionado pelo setor siderúrgico

Leia também:

Dólar vira para alta com IBC-Br e agenda econômica no radar

PL dos Fundos de Investimento do Setor Agropecuário avança na Câmara

Bolsa de Valores: os destaques da última semana cheia do ano


Sobre o autor