Ações

Ibovespa fecha em queda e registra perda trimestral de 37%

Por Fast Trade
31 março 2020 - 18:42 | Atualizado em 01 abril 2020 - 08:25
O dia em mercados internacionais é misto

O Ibovespa fechou em queda nesta terça-feira (31), encerrando o primeiro trimestre de 2020 com perdas de 36,86%, no pior desempenho para o índice da história.

No período, foram acionados seis circuits breaker, refletindo a rápida expansão da pandemia e os possíveis impactos sobre a economia global.

O novo coronavírus já causou mais mortes do que o SARS, um outro vírus da mesma família, demorando apenas um mês para atingir outros países e continentes.

No mundo, são mais de 800 pessoas infectadas, em cinco dos seis continentes e, destas, cerca de 38 mil vieram a óbito.

Diversos países estão adotando medidas de isolamento social, como a quarentena total ou parcial, e os investidores avaliaram os efeitos econômicos de tais ações no curto prazo.

Nem mesmo os indicadores positivos na China conseguiram evitar o tombo das Bolsas ao redor do mundo. Em Wall Street, o Dow Jones caiu 1,84%, o S&P 500 recuou 1,60% e o Nasdaq Composto declinou 0,95%.

O Índice de Gerente de Compras (PMI) da indústria chinesa anotou 52 pontos em março, depois de ter caído a 37,5 pontos em fevereiro, o que demonstra um movimento de recuperação.

No Brasil, o vírus contaminou cerca de 5.717 pessoas e matou aproximadamente 201, porém, estes números estão subavaliados, conforme explicou o ministério da Saúde.

No noticiário político, os ministros Sérgio Moro (Justiça) e Paulo Guedes (Economia) decidiram, nos bastidores, se unir para apoiar as ações do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, saindo em defesa das medidas de isolamento total.

Contrariando o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro, o trio avaliou que as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) devem prevalecer, ainda que em detrimento da atividade econômica.

Na B3, os ativos Suzano (SUZB3), BRF (BRFS3), Petrobras (PETR3), Klabin (KLBN11) e Gerdau (GGBR4) apresentaram o melhor desempenho da sessão.

Como resultado, a Bolsa brasileira caiu 2,17% na faixa de 73.019 pontos, com um volume financeiro de R$18,897 bilhões.  

Fique por dentro das principais notícias do dia:

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/dolar-avanca-a-r519-e-fecha-marco-com-valorizacao-de-16/

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/petroleo-conclui-pior-trimestre-da-historia-com-declinio-de-65/

https://plataformafasttrade.com.br/noticias/governo-altera-tributacao-para-operacoes-de-hedge-em-investimentos-no-exterior/


Sobre o autor