Ações

Ibovespa fecha em queda de 2,34% sucumbindo à pressão do cenário externo adverso

Por Fast Trade
18 maio 2022 - 19:20 | Atualizado em 19 maio 2022 - 06:36
Mercado de ações em queda
Créditos: Freepik (rawpixel.com)

O Ibovespa registrou forte queda nesta quarta-feira (18), sucumbindo à forte pressão do cenário externo adverso frente às preocupações com os juros globais. No compasso dos mercados em Nova York, o índice geral recuou à faixa de 106 mil pontos, anotando perdas em praticamente todos os setores.

No radar, a inflação nos EUA prejudicou o desempenho das empresas do setor de varejo no primeiro trimestre deste ano. E este fato contribuiu com a tese de que o ciclo de aumento nos juros deve ser ainda mais prolongado do que o previsto.

Além disso, repercutiram as declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sobre o ciclo de aperto monetário. Na véspera, ele afirmou que a instituição continuará elevando a taxa básica do país até a inflação dar sinais claros de arrefecimento.

+ Notícias e indicadores: saiba como impactam nas operações de Day Trade!

Em reação, as Bolsas americanas sofreram uma nova onda de sell-off. O Dow Jones caiu 3,56%, o S&P 500 recuou 4,03% e o Nasdaq Composto desabou 4,73%.

Enquanto isso, na China, as autoridades regionais anunciaram a flexibilização das medidas de restrição, após o surto de Covid-19 ser controlado. No entanto, os impactos da nova onda de infecções foram sentidos na economia do país, sobretudo, nos setores ligados à produção.

Por esse motivo, o Goldman Sachs reduziu de 4,5% para 4% as previsões de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) chinês em 2022, considerando uma forte desaceleração.

Destaques corporativos

Na B3, as ações da Locaweb (LWSA3) lideraram os ganhos do pregão, impulsionadas pela notícia de que a General Atlantic adquiriu 4,9% das ações da companhia. Da mesma forma, as ações da Hapvida (HAPV3) valorizaram, fazendo uma sessão de ajustes após os resultados corporativos.

Em contrapartida, as empresas Petrobras (PETR3/PETR4), Vale (VALE3) e demais siderúrgicas, como a CSN (CSNA3), Gerdau (GGBR3) e Usiminas (USIM5) registraram forte queda, acompanhando as commodities na cena internacional.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Top 5 máximas do índice: Locaweb (LWSA3), Hapvida (HAPV3), Ecorodovias (ECOR3), Taesa (TAEE11) e Eneva (ENEV3).

Top 5 mínimas do índice: Banco Inter (BIDI11), Ultrapar (UGPA3), Dexco (DXCO3), CSN (CSNA3) e Embraer (EMBR3).

Como resultado, o Ibovespa caiu 2,34% aos 106.247 pontos, registrando um volume financeiro de R$ 23,511 bilhões.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe gratuitamente do Canal do Fast Trade no Telegram!

Ibovespa fecha em queda de 2,34% sucumbindo à pressão do cenário externo adverso

Leia também:

Dólar fecha a R$ 4,98 com clima tenso no exterior devido ao cenário de juros

Banco Central planeja regulamentar o mercado de carbono no Brasil, diz Campos Neto

Ações da JBS acumulam valorização de 17% em 12 meses, mas vale a pena investir?


Sobre o autor