Ações

Ibovespa descola de Wall Street e fecha acima de 112 mil apoiado por fluxo estrangeiro

Por Fast Trade
27 janeiro 2022 - 19:23 | Atualizado em 28 janeiro 2022 - 06:20
Créditos: shutterstock.com

O Ibovespa fechou em alta nesta quinta-feira (27) e avançou acima dos 112 mil pontos, apoiado pelo fluxo de capital estrangeiro. Novamente, o índice geral descolou de Wall Street e ganhou fôlego com a valorização das principais blue chips.

No radar, a decisão de política monetária do Federal Reserve ainda gerava repercussões, sobretudo, após a instituição sinalizar que o ciclo de aperto nos juros está próximo. Apesar de não ter alterado a taxa básica nesta reunião, o presidente do Fed, Jerome Powell, disse que há espaço para aumentos em todas as reuniões ao longo de 2022.

Nesse sentido, as falas do chairman da instituição provocaram surpresa no mercado, pois, mostraram um tom mais “hawkish” em relação à política monetária.

+ Calendário do Trader 2022: Baixe agora!

Ao mesmo tempo, o crescimento de 6,9% no Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no quarto trimestre de 2021 também pressionou. Ligeiramente acima das expectativas, o indicador reforçou a tese de elevação nos juros, considerando os atuais níveis de inflação.

Frente às preocupações com essa nova postura do Fed, as Bolsas americanas deram continuidade na trajetória negativa, incorrendo em novo dia de correção. Em Wall Street, o Dow Jones caiu 0,02%, o S&P 500 recuou 0,54% e o Nasdaq Composto desabou 1,40%.

No Brasil, o pregão foi positivo graças ao ingresso de capital estrangeiro no mercado local. Em busca de ativos negociados a múltiplos descontados, como é o caso dos países emergentes, os investidores vieram às compras, contribuindo com o desempenho da B3.

Por fim, com o noticiário político esvaziado, ficou em destaque o reajuste salarial de 33% que o presidente Jair Bolsonaro concedeu aos professores da rede pública que lecionam no ensino básico.

Destaques Corporativos

Na B3, as ações do setor de varejo registraram ganhos, refletindo a queda dos juros de longo prazo e a inversão da curva brasileira.

Em contrapartida, Hapvida (HAPV3) e Intermédica (GNDI3) recuaram, fazendo uma sessão de forte correção para o setor de saúde.

Top 5 máximas do índice: Magazine Luiza (MGLU3), Banco Inter (BIDI11), Via (VIIA3), BB Seguridade (BBSE3) e Carrefour (CRFB3).

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Top 5 mínimas do índice: Intermédica (GNDI3), Hapvida (HAPV3), Natura (NTCO3), Marfrig (MRFG3) e Petz (PETZ3).

Como resultado, o Ibovespa subiu 1,19% aos 112.611 pontos, com um volume financeiro negociado de R$ 28,452 bilhões.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então assine a Fast Break e receba as notícias mais relevantes do momento!

Ibovespa descola de Wall Street e fecha acima de 112 mil apoiado por fluxo estrangeiro

Leia também:

Em dia de alívio no câmbio, dólar fecha a R$ 5,42 ainda de olho na decisão do Fed

Tim estreia no metaverso com empreendimento virtual baseado em loja conceito

Suzano e Klabin terão desempenho acima da média do mercado, dizem os analistas


Sobre o autor