Ações

Ibovespa cai e renova a mínima de 2021 com preocupações sobre a dinâmica fiscal

Por Fast Trade
18 novembro 2021 - 19:28 | Atualizado em 19 novembro 2021 - 06:06
Créditos: shutterstock.com

O Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira (18), renovando a mínima de 2021, em mais um dia de preocupações sobre a dinâmica fiscal. Concluindo o quarto dia consecutivo de perdas, o índice geral foi pressionado pelo tombo da Vale, das siderúrgicas e dos bancos.

De acordo com a avaliação dos analistas gráficos, o declínio de hoje pode ter rompido a fronteira de resistência em 102.800, abrindo caminho para uma trajetória de desvalorização mais expressiva.

+ Desvendando o Swing Trade: Tudo o que você precisa saber!

Isto porque, esta faixa era considerada uma espécie de barreira, que, uma vez rompida, poderia buscar patamares mais baixos, como a região de 97.600. Por esse motivo, os analistas recomendam cautela e a adoção de posições mais defensivas na renda variável.

De olho em Brasília

Em outro front, o cenário político foi o grande destaque do pregão, com as notícias sobre a PEC dos precatórios concentrando as atenções. Relatos indicam que o texto-base aprovado pela Câmara dos Deputados sofrerá profundas alterações no Senado, onde já se cogita adotar uma proposta alternativa.

Na tarde de ontem, três parlamentares apresentaram uma proposta que pretende eliminar da PEC as emendas parlamentares não regulamentadas pela constituição, além de retirar as dívidas judiciais do teto de gastos.

Acima de tudo, o objetivo é abrir espaço no Orçamento de 2022 para financiar o Auxílio Brasil, assegurar o pagamento dos precatórios e ao mesmo tempo cumprir as diretrizes de responsabilidade fiscal.

O novo projeto reúne elementos presentes em três PECs que já estão sob análise do Congresso e abre um espaço fiscal de R$ 99 bilhões, cujo destino será o custeio das atividades de assistência social. Assim, o documento que será levado à apreciação do CCJ na semana que vem deve ser híbrido, contendo uma série de emendas.

No entanto, a alternativa recebeu severas críticas por parte do ministro da Economia, Paulo Guedes, que a considerou como um “grande erro” retirar os precatórios do teto de gastos. Por fim, ele explicou que o novo texto pode comprometer o crescimento do país, tornando as despesas judiciárias incontroláveis.

Destaques Corporativos

Na B3, as ações da Méliuz (CASH3) novamente foram destaque ao avançar 10% de olho na recomendação de compra do Bank of America.

Em contrapartida, Vale (VALE3) e as demais empresas siderúrgicas registraram forte queda acompanhando as perdas dos preços do minério de ferro.

Top 5 máximas do índice: Méliuz (CASH3), Alpargatas (ALPA3), Intermédica (GNDI3), Hapvida (HAPV3) e Qualicorp (QUAL3).

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

Top 5 mínimas do índice: Usiminas (USIM5), CSN (CSNA3), PetroRio (PRIO3), Bradespar (BRAP4) e Vale (VALE3).

Como resultado, o Ibovespa caiu 0,51% aos 102.426 pontos, com um volume financeiro negociado de R$21,129 bilhões.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Ibovespa cai e renova a mínima de 2021 com preocupações sobre a dinâmica fiscal

Leia também:

Em quarta alta consecutiva, dólar fecha a R$ 5,56 de olho nos precatórios

Com foco no ESG, Braskem e Cosan fecham parceria para alavancar a economia circular

Preço do boi avança 18% em novembro alcançando a faixa de R$ 304 a arroba


Sobre o autor