Ações

Ibovespa cai e perde a marca de 122 mil pontos

Por Fast Trade
21 maio 2021 - 13:01 | Atualizado em 21 maio 2021 - 16:30
tensão institucional após manifestações

Às 12h54, o Ibovespa caía 0,73%, a 121.805,17 pontos. Na máxima, o mais importante indicador do desempenho médio das ações negociadas na B3 chegou aos 122.799,36 pontos, pouco acima da referência de abertura (122.701,44).

+ Relatório: alocação de recursos

De acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o Clima Econômico da América Latina melhorou no 2º trimestre de 2021 em relação ao 1º. A conclusão veio a partir da alta do Indicador de Clima Econômico (ICE) da América Latina da FGV.

Nesse sentido, o índice passou de 70,5 para 81,2 pontos entre o primeiro trimestre do ano corrente e o segundo. Isso representa um avanço de 10,7 pontos. Em contrapartida, a fundação sinalizou que o indicador segue em zona desfavorável do ciclo econômico. Confira no press release as previsões para o crescimento do PIB em 2021.

Em meio a uma agenda econômica doméstica esvaziada e sem novidades sobre a CPI da Covid-19, o indicador repercute a atividade industrial dos Estados Unidos.

+ Clube De Investimentos Tudo Que Você Precisa Saber

Destaques corporativos do Ibovespa:

As cinco maiores quedas do Ibovespa próximo das 12h54: Cyrela (CYRE3, -4,74%), MRV (MRVE3, -3,88%), YDUQS (YDUQ3, -3,80%), JHSF (JHSF3, -3,81%) e Eztec (EZTC3, -3,07%).

As cinco maiores altas do Ibovespa próximo das 12h21: BRF (BRFS3, +6,52%), Embraer (EMBR3, +3,10%), Azul (AZUL4, +2,71%), Braskem (BRKM5, +2,38%) e Locamerica (LCAM3, +1,86%).

Leia também: Dólar é negociado a R$ 5,31 repercutindo PMI dos EUA

Quer ficar informado de todas as novidades do mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade.


Sobre o autor