Ações

Ibovespa avança com empresas aéreas entre maiores altas

Por Fast Trade
26 maio 2021 - 13:00 | Atualizado em 26 maio 2021 - 16:21
Ibovespa futuro abre sem direção

O Ibovespa sobe amparado pelas fortes valorizações das companhias aéreas Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4), mas também de olho na agenda de reformas.

Às 12h45, o índice avançava 0,77%, a 123.931,63 pontos. Ainda há pouco, o mais importante indicador do desempenho médio das ações negociadas na B3 operava acima dos 124 mil pontos.

+ Carteira Recomendada de Maio

Na esfera política, a CPI da Covid-19 aprovou nesta quarta-feira (26) a reconvocação de Queiroga e de Pazuello – atual e ex-ministro da Saúde.

Além disso, foram convocados 9 governadores de estados onde há investigações sobre desvios na pandemia, assim como o ex-governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel.

Em relação à reforma tributária, o ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a um acordo junto aos presidentes da Câmara e do Senado sobre a tramitação da matéria.

“A reforma tributária vai ser relativamente simples”, disse ele. “Estamos indo nessa direção — vai ser simples, não vai ser complicado, vai ser difícil [alguém] ficar contra”, completou.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader!

Por fim, o Ibovespa deve reagir aos novos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado hoje pelo Ministério da Economia.

Conforme a publicação, a economia brasileira gerou 120.935 empregos com carteira assinada em abril. A diferença entre as contratações (1.381.767) e as demissões (1.260.832) representam uma melhora em 12 meses, uma vez que o país contabilizou apenas 963.703 mil vagas em abril do ano passado, quando enfrentava o pior momento da pandemia de covid-19.

Destaques corporativos do Ibovespa

As cinco maiores altas do Ibovespa próximo das 12h45: Azul (AZUL4, +6,64%), Locaweb (LWSA3, +5,59%), Gol (GOLL4, +4,39%), CVC (CVCB3, +3,43%) e Lojas Renner (LREN3, +3,33%).

As ações da Azul decolam enquanto o mercado ainda repercute as declarações da aérea sobre o estudo de oportunidades de consolidação.

Do mesmo modo, a Gol sobe na esteira das melhores previsões sobre ocupação e custos neste segundo trimestre.

As cinco maiores quedas do indicador: BRF (BRFS3, -2,82%), Suzano (SUZB3, -2,35%), Embraer (EMBR3, -2,14%), Raia Drogasil (RADL3, -1,81%) e Cielo (CIEL3, -1,96%).

Antes de mais nada, leia também:

Dólar recua contra o real, mas opera próximo da estabilidade

B3: dívida de companhias abertas chega a R$ 1,21 tri

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram através do link: https://t.me/plataformafasttrade.


Sobre o autor