Economia

Inflação ao produtor avança 28,39% em 2021, atingindo um novo recorde

Por Fast Trade
01 fevereiro 2022 - 12:09 | Atualizado em 01 fevereiro 2022 - 13:49
Ibovespa futuro tem leve alta

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em dezembro de 2021 o IPP – Índice de Preços ao Produtor registrou queda de 0,12%, frente ao mês anterior. Novembro registrou alta de 1,46% e o recuo de dezembro foi o primeiro dos últimos dois anos.

Contudo, o fechamento final de 2021 registrou recorde de alta desde 2014, período em que o clima, câmbio e alta dos insumos trouxeram os principais impactos. A alta acumulada resultou em 28,39%. Com isso, o número se tornou recordista, pois a última maior taxa foi em 2020 com o percentual de 19,38%.

+ Calendário do Trader 2022: Baixe agora!

No entanto, o IBGE comentou sobre outros aspectos relevantes para o percentual relacionado ao recuo. De acordo com Alexandre Brandão, gestor do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a pandemia também influenciou muito nas cadeias de produção. Além disso, o último inverno, que foi mais rigoroso, impactou nas safras de café e de açúcar.

Soma-se a isso a elevação dos preços de óleo bruto do petróleo, minério de ferro e também da carne. Todos esses fatores, aliados ao comportamento do mercado, contribuíram para a depreciação do resultado que apontou o percentual de quase 10%.

IBGE analisa 24 atividades da indústria e destaca os principais resultados

O IBGE avaliou 24 atividades, analisando como performaram no ano de 2021. Os resultados apontaram que duas baixas foram maiores em dezembro, são elas: metalúrgica (-3,27%) e as industrias de extração (-12,77%). Por outro lado, outros segmentos apresentaram resultados positivos.

+ Guia de A a Z de como se tornar um trader

A madeira fechou em alta de 40,76%, o refino de óleo e biocombustíveis registrou 69,72% e outros produtos químicos registrou 64,09%. A metalúrgica, que em dezembro teve baixa, registrou alta no consolidado anual, com percentual de 41,79%. Porém, vale dizer que o IPP considera as variações dos preços do que está produzido, mas sem a apuração de frete e impostos.

Quer ficar informado de todas as novidades sobre o mercado financeiro? Então participe do Canal do Fast Trade no Telegram acessando o link: https://t.me/plataformafasttrade

Inflação ao produtor avança 28,39% em 2021, atingindo um novo recorde

Leia também:

Vibra Energia e Americanas anunciam parceria no segmento de lojas de conveniência

Radar do Trader: Início do Copom e da temporada de balanços e emprego nos EUA

Principais bancos dos EUA passam a acreditar em até 7 altas de juros em 2022


Sobre o autor