HomePolítica

Governo tenta contornar crise com reunião ministerial, projeto de Moro; exterior ruim deve contaminar pregão

Por TradersClub
19 fevereiro 2019 - 10:45
Impactos do coronavírus

O dia começa com um cenário conturbado dentro do Brasil e mundo afora. O presidente Jair Bolsonaro, que ontem demitiu um dos seus colaboradores mais próximos em circunstâncias ainda mal explicadas, deve comandar sua primeira reunião ministerial desde que foi operado no final de janeiro.

Baixe o E-book O Guia Completo de Como Ter Sucesso Nas Operações de Day Trade

A fritura e posterior demissão de Gustavo Bebianno de um dos postos-chave no Palácio do Planalto gerou uma crise política que manteve o câmbio e os juros futuros em alta, assim como puxou a bolsa pouco mais de 1% para baixo na véspera.  No exterior, a cautela volta a imperar com temores de dificuldades nas conversas comerciais entre os Estados Unidos e a China a pouco mais de dez dias do prazo para o encerramento das negociações para acabar com a guerra comercial.

Baixe o Infográfico: 5 motivos – Por Que Investir na Bolsa Agora É Um Bom Negócio

Como colocam nossos contribuidores TC e alguns gestores, o temor é que as implicações do caso impactem, demorem ou levem a uma diluição indesejada do projeto de reforma da Previdência, que ainda enfrenta resistências de setores como os sindicatos e o funcionalismo público. Bebianno tinha trânsito no Congresso e a avaliação entre alguns parlamentares é de que a demissão desgasta Bolsonaro.

Baixe o e-book: Desvendando o swing trade: tudo o que você precisa saber!

O governo está se mobilizando para contrabalançar os reflexos negativos do incidente: ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu estender as mudanças no regime de aposentadorias para estados e municípios e acelerar um programa de refinanciamento de dívida estadual. O ministro da Justiça e principal figura do governo, Sérgio Moro, também apresenta seu programa anticorrupção, para discussão no Congresso Nacional. Não perca de vista o noticiário político: amanhã Bolsonaro deve entregar o texto da reforma pessoalmente no Congresso.

Relatório gratuito – Petrobras: O petróleo é nosso

A agenda de divulgações traz a segunda prévia do índice IGP-M, a arrecadação de impostos de janeiro e alguns resultados e teleconferências de resultados do quarto trimestre. As manchetes do dia sinalizam que o dia vai ser cheio de matérias em todos os fronts: há temor de que um alto executivo da Vale tenha um mandado de prisão expedido esta semana; o governo pode confirmar o possível adiamento da privatização da Eletrobras para 2020; a Petrobras, com medo de uma repetição da tragédia de Brumadinho em alto mar, deve começar a descomissionar plataformas velhas este ano.

Relatório gratuito – Banco do Brasil: O gigante acordou

E tem polícia na rua! Duas operações separadas estendem as investigações da Operação Lava Jato, assim como potenciais desvios no Ministério do Turismo. O alvo? o PSDB de São Paulo.

Baixe o e-book: Guia completo para investimento em renda fixa


Sobre o autor